HQ do dia | Ms. Marvel #7

Leia em: 2 minutos

Kamala Khan é a nova sensação do Universo Marvel e a protetora oficial da terra do Kevin Smith, New Jersey. Ao investigar os planos do maléfico e  Ms. Marvel #7bizarro cientista chamado “Inventor” nos esgotos da cidade, a jovem se depara com ninguém menos que Wolverine. Já sem seu fator de cura, o baixinho precisa de ajuda para resgatar uma das alunas da Escola Jean Grey de mutantes e Kamala ganha um improvável mentor.

Nesta edição a autora G. Willow Wilson desvia bastante o foco do título da cultura muçulmana e da relação familiar de Kamala e direciona a trama para a ação e a relação entre os dois protagonistas. O resultado é uma edição bem mais focada que as anteriores, mas não menos divertida. Apesar do tema “Wolverine x Novinhas” já ter sido explorado bastante no passado (Lembra da Jubileu?) isso é extremamente benéfico para o título nesta altura. Kamala Khan é uma personagem inexperiente e o contraste entre a menina e um dos caras mais casca-grossa da Marvel é divertidíssimo. Os diálogos são engraçados e o roteiro tem bastante ação. Aqui vemos a novíssima Ms. Marvel aprendendo com seus erros o que é sempre interessante acompanhar e Wolverine em uma posição vulnerável também é uma grata novidade. No final temos uma pequena surpresa envolvendo os Inumanos que promete gerar muitas outras boas histórias nas próximas edições.

A arte tanto da edição 6 quanto desta sétima é de Jake Wyatt. Pessoalmente acho o design do cara um pouco inferior ao de Adrien Alphona que trabalhou nas cinco primeiras edições de Ms. Marvel e fechou muito bem o arco de apresentação da personagem. O traço de Wyatt é bem simples e cartunesco, mas não chega a impressionar. A colorização continua nos mesmo moldes das edições anteriores com uma paleta fosca e sem cores muito vibrantes. Sem problemas aqui, mas esta não é uma arte que vai impressionar nenhum leitor.

Ms. Marvel #7, apesar da notória queda de qualidade na arte é uma edição muito divertida. G. Willow Wilson estabelece Kamala Khan como a menina que toda jovem leitora gostaria de ser e representa o fanboy dentro de todos nós. Wolverine é a escolha certa para a parceria com a protagonista e o final deixa em aberto os planos do antagonista e ainda introduz o conceito dos Inumanos no título. A Marvel de fato criou um novo ícone na forma da jovem nerd muçulmana e quem sai ganhando com todas essas boas histórias somos todos nós.

LEIA MINHA ÚLTIMA RESENHA: HQ do dia | The New 52: Futures End #0 – 1