Curiosidades sobre os bastidores da franquia Harry Potter

Pouco antes de 1997, J.K. Rowling recebeu uma notícia incrível que mudaria sua vida para sempre: a publicação de seu primeiro romance, Harry Potter e a Pedra Filosofal. Após ver inúmeras portas de editoras batendo em sua cara, Rowling via seus sonhos sendo destruídos cada vez mais, até que a Bloomberg resolveu lhe dar uma chance. Mal sabia que sua modesta vida num pequeno apartamento em Edimburgo, na Escócia, recebendo uma pífia pensão equivalente a trezentos reais de seu ex-marido abusivo e levando a filha para os cafés mais próximos para trabalhar em suas obras, mudaria drasticamente.

O que ela não sabia – principalmente com meras 500 tiragens para a primeira edição do romance -, é que seu universo mágico se transformaria em uma febre infanto-juvenil que se estenderia para os adultos e encantaria até os dias de hoje fãs das mais diversas idades. Sem sombra de dúvida, a franquia Harry Potter é uma das melhores e mais amadas séries de fantasia a já caírem no gosto popular, além de ter aberto inúmeras portas para a autora e para rostinhos que, anos depois, se tornariam extremamente reconhecidos por todos.

Os oito filmes, todos aclamados pela crítica, arrecadaram mais de um 7,5 bilhões de dólares no mundo inteiro – sendo que As Relíquias da Morte – Parte II (2011) ainda não foi desbancado de um dos filmes mais rentáveis de todos os tempos, aparecendo em décimo lugar.

De qualquer forma, por mais que você seja um grande fã desse incrível panteão – que inclusive ganhou um spin-off com Animais Fantásticos (2016) -, talvez exista um ou outro fato que você não conheça. Por isso, separamos uma lista com algumas curiosidades dos filmes e dos livros, as quais você pode ver abaixo.

Confira e não se esqueça de deixar seu comentário e sugestões para matérias futuras!

  • Richard Harris interpretou Alvo Dumbledore em A Pedra Filosofal (2001) e em A Câmara Secreta (2002), porém faleceu vítima da doença de Hodgkin e foi substituído por Michael Gambon para os outros filmes.
  • Emma Watson não queria fazer audições para interpretar Hermione Granger. Os professores da atriz tiveram que convencê-la a fazer o teste e ela acabou sendo a última de seu grupo a participar.
  • As reações de Harry (Daniel Radcliffe), Rony (Rupert Grint) e Hermione quando chegam no Salão Principal em A Pedra Filosofal são verdadeiras. Ninguém havia visto o cenário antes da gravação da cena do Chapéu Seletor.
  • Os produtores ofereceram a Rowling o papel de Lily Potter, a mãe de Harry, mas ela recusou interpretar o personagem. Eventualmente, Geraldine Somerville deu vida a Lily.

  • Toda a comida utilizada nas cenas do Salão Principal em A Pedra Filosofal é 100% real. Porém, devido à grande quantidade desperdiçada, os produtores começaram a congelar comida e a criar moldes para deixar alimentos fictícios mais reais.
  • Rupert Grint tem um real e grave caso de aracnofobia. Em grande parte das cenas em que Rony e Harry se encontram com Aragogue em A Câmara Secreta, o ator-mirim não está atuando.
  • Harry Melling quase perdeu seu papel de Duda Dursley em O Prisioneiro de Azkaban (2003). O ator perdeu tanto peso que não cabia mais nas vestimentas do personagem. Porém, ao invés de substituí-lo, os produtores resolveram colocar próteses.
  • As filmagens da cena dos “sete Harrys” em Relíquias da Morte – Parte 1 (2010) foi extremamente complexa. Daniel Radcliffe teve que fazer mais de 90 takes para essa única sequência.
  • Gui Weasley e Alastor Olho-Tonto Moody na verdade tem um parentesco. Gui é interpretado por Domnhall Gleeson e Olho-Tonto, por seu pai, Brendan Gleeson.

  • O ator que interpreta o jovem Tom Riddle em Enigma do Príncipe (2009) tem parentesco com o ator que interpretou Voldemort. Hero Fiennes-Tiffin é, na verdade, sobrinho de Ralph Fiennes.
  • Hugh Grant estava elencado originalmente como Gilderoy Lockhart. Porém, devido a conflitos em sua agenda, Jude Law foi considerado para o papel – mas era jovem demais para o papel. Logo depois, Kenneth Branagh foi escolhido e nos entregou uma performance incrível.
  • Apesar de ser chamado de um “bruxo esplêndido” por vários personagens, Harry não lança um feitiço sequer em A Pedra Filosofal.
  • Uma proposta de título para a versão norte-americana de A Pedra Filosofal era Harry Potter e a Escola da Magia, mas Rowling disse que o título não fazia jus ao que havia criado.


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.