Resenha – Natsuyuki Rendezvous

Um triângulo amoroso bem diferente.

Natsuyuki Rendezvous (Em português, “Encontro em uma neve de verão“) foi lançado em Julho de 2009. A história começa com Ryosuke Hazuki, um garoto que decide arranjar um emprego em uma floricultura após se apaixonar por sua gerente, Rokka Shimao. Desde que começou a trabalhar na loja, Hazuki vem tentando se aproximar de Rokka até que, em uma oportunidade para visitá-la em seu apartamento, o jovem se depara com um homem morando junto com sua chefe. Desmotivado e um pouco inconformado, Hazuki começa a se questionar sobre quem seria aquele homem.

Em um jantar na casa de Rokka, Hazuki encontra novamente com o homem misterioso e em uma rápida conversa logo descobre que apenas ele é capaz de enxergá-lo. Esse fantasma é na verdade o falecido ex-marido de Rokka, Atsushi Shimao

Resenha - Natsuyuki Rendezvous | Um triângulo amoroso bem diferente.

A partir daí inicia-se um triângulo amoroso um tanto incomum. Hazuki ama Rokka, mas Atsushi não permite que nenhum outro homem se envolva com sua ex-esposa. A gerente da loja de flores mostra-se interessada em Hazuki, mas ao mesmo tempo ela vive em confusão constante, uma vez que ainda não conseguiu superar totalmente a morte de Atsushi.

Resenha - Natsuyuki Rendezvous | Um triângulo amoroso bem diferente.

Por incrível que pareça, em alguns momentos me peguei torcendo para o ex-marido, que explica seus motivos para ainda estar presente mesmo após sua morte. Confesso que a relação de amor que existe entre Atsushi e Rokka é muito bonita e muito forte. Mas, o ex-marido por vezes toma decisões bem egoístas, como pedir para tomar o corpo de Hazuki emprestado e não devolver mais.

Resenha - Natsuyuki Rendezvous | Um triângulo amoroso bem diferente.

De modo geral, o clima da animação é bem pesado por tocar muito nesse tema de perda. Você testemunha a dor de um cônjuge que partiu, mas que não consegue abandonar a ex-esposa que tanto ama. E por outro lado, vê um rapaz que se apaixonou por sua chefe e quer ter a oportunidade de fazê-la feliz.

A partir de um determinado ponto do anime, a história se torna um pouco confusa. Isso porque Hazuki vai parar em uma espécie de conto de fadas e permanece por lá durante alguns episódios junto à uma fadinha (com o rosto da gerente da loja) que gosta bastante de filosofar. Para mim isso funciona até certo ponto, depois passa a ficar cansativo.

Resenha - Natsuyuki Rendezvous | Um triângulo amoroso bem diferente.

Eu não recomendo Natsuyuki Rendezvous àqueles que não gostam muito de animes parados e com alto teor de drama. Eu mesma precisei ver algumas séries de comédia em seguida, pra tirar aquele clima pesado que ficava depois de assistir alguns episódios. 
Confira o trailer a seguir:

Gostou? Tem mais!

Clique e leia: Resenhas de animes e mangás


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.