The Walking Dead

Melissa McBride, a Carol, fala sobre o episódio “JSS”

A sexta temporada de The Walking Dead estreou com os dois pés no peito dos fãs do seriado. Se no primeiro episódio nós fomos apresentados a uma horda de zumbis, no segundo conhecemos um lado de Carol que jamais tínhamos visto até o momento.

Desde o final da quinta temporada a personagem de Melissa MecBride estava ganhando uma notoriedade diferente em relação às temporadas anteriores. Por causa disso, a grande expectativa sobre Carol para a sexta temporada está crescendo a cada episódio. Ontem (18) foi ao ar “JSS”, o segundo episódio da 6ª temporada de The Walking Dead, e logo após a transmissão nos EUA, o site Comic Book conseguiu uma entrevista exclusiva com Melissa McBride para falar sobre tudo que aconteceu em “JSS” e também sobre seu futuro em The Walking Dead.

– ALERTA DE SPOILER –

Caso você não tenha assistido o segundo episódio da sexta temporada, não ultrapasse este ponto, pois pode conter spoilers.

The Walking Dead | Melissa McBride, a Carol, fal sobre o episódio "JSS"

 

– Em “JSS”, Carol volta a ser durona novamente!

MELISSA MCBRIDE: Oh, isso é apenas um episódio! Atire!

– “O que você faria se estivesse no lugar de Carol?” Então, você poderia estar matando e fazendo o que é preciso para sobreviver ou você estaria mais como o Morgan que acredita que não tem que matar?

MM: Você sabe, eu iria lutar com o melhor de minha capacidade e tentar equilibrá-la com qualquer tipo de normalidade, assim como Carol está tentando fazer. Assim como todos eles estão tentando fazer. É aí que mora o desafio e o desgosto deste episódio. É onde essa esperança ou senso de normalidade é tão impactado que está caindo aos pedaços e tudo ruindo. Mas sim, eu também iria tentar ter algum sentido de normalidade.

– Até o final de JSS, Carol está sentada na varanda e ela percebe um “A” no corrimão. Esse “A” é alguma coisa que os lobos colocaram lá ou ele já existia?

MM: Este “A” é o que ela vê quando ela está limpando o “W” de sua testa. Apenas essa dicotomia toda, a polaridade… a comunidade que está mantendo e depois há o “W” que você acabou de colocar-se e diz: “Não é uma escolha”, e dois: é a doçura de Sam. Esse era o seu carimbo. O “A, bem-vindo a Alexandria, você é um de nós agora”. Basta ser uma criança, eu acho que isso é o que eu estava pensando quando eu vi isso e eu estava pensando nele e eu estava despedaçada.

The Walking Dead | Melissa McBride, a Carol, fal sobre o episódio "JSS"

– Eu entendo que Carol vê motivos para matar pessoas como método de sobrevivência, mas por que ela matou o homem que o Morgan amarrou apesar de sua recomendação para não matá-lo? Por que ela o matou, em vez de tentar obter informações dele?

MM: Eu acho que, naquele momento, ela sentiu como se precisasse apenas despachar todos eles e tirá-los dali, porque eles estavam ocupando Alexandria de forma aleatória e muito rapidamente, e o intuito era matar as pessoas, e ela apenas derrubou quantos ela podia até que a ameaça fosse dissipada. Esse é o seu ponto de vista, também. Quantas vezes você dá uma chance a alguém? Nós todos sabemos que quando alguém sai ou você viu de onde os Lobos vieram, e Carl atirou na perna do cara e logo em seguida ele começa a dizer “Ajude-me! Ajuda-me!”, quando Carl vai ajudar ele ataca de volta e tenta tomar a arma. É tudo uma questão de confiança e isso é outro fator triste. É difícil confiar em qualquer coisa.

– O que Carol pensa sobra a posição de Morgan de não matar? É algo que ela nunca vai adotar? Será que ela acha que só tem que fazer o que é preciso para sobreviver e que isso muitas vezes significa matar pessoas?

MM: Isso é exatamente o que eu penso. Ela faz o que tem que fazer para sobreviver, o que envolve matar pessoas. Eu acho que cada circunstância é única, mas, em sua maior parte, ela vai voltar a confiar. Você pode deixar alguém ir e eles podem voltar com uma vingança maior do que antes e com mais pessoas. Isso é assustador.

The Walking Dead | Melissa McBride, a Carol, fal sobre o episódio "JSS"

– Então, ao que tudo indica, os Lobos continuarão sendo uma ameaça?

MM: Bom, vamos ver o que acontece. Morgan deixou alguns deles partir! Vamos ver quais serão as conseqüências.

– Nós não vimos muito de Daryl e Carol na 6ª temporada ainda. Carol vai ter um romance com ele ou com qualquer outro personagem nesta temporada?

MM: Bem, Daryl foi para fora… eles estão ocupados agora com a coisa toda da horda, mas estamos no início da temporada. Eu vou reservar minha resposta.

– Se você estivesse escrevendo The Walking Dead, você gostaria de ver Carol se apaixonando? Essa paixão seria pelo Daryl?

MM: Eu não podia sequer pensar nisso agora, sabe? Eu simplesmente não o faria. Há muita coisa acontecendo. Espere um minuto. Você quer perguntar ao Norman?

NORMAN REEDUS: Olá?

– Eu só perguntei a Melissa, “Vocês irão se apaixonar nesta temporada?” Será que realmente veremos isso?

NR: Você quer dizer na câmera ou fora da câmera?

– Por que não ambos?

NR: Bem, quero dizer que fora das câmeras já estamos bastante quentes e fortes, por isso provavelmente vai escoar para a câmera em algum momento. Eu não consigo tirá-la do meu trailer, você sabe o que quero dizer?

– Eu não culpo você! Ela é durona.

NR: Ela é uma linda garota! Você sabe o que eu quero dizer? Eu tenho arregalado os meus olhos para ela desde a primeira temporada. Ela está pegando meu telefone!

MM: Tão bobo.

– Ok, última pergunta: Na New York Comic Con, Robert Kirkman disse que Carol é a única personagem que ele não podia matar. Isso faz você se sentir um pouco mais segura ou você ainda acha que Carol está em perigo constante?

MM: Não! Isso não me faz me sentir melhor! Isso também não significa que não vai acontecer.

The Walking Dead | Melissa McBride, a Carol, fal sobre o episódio "JSS"
Veja também: The Walking Dead | Tyler James Williams fala sobre a despedida de Noah da série


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.