Hurricanes – Os craques da Bola

O desenho animado mais bizarro sobre futebol que já existiu

A época de ouro de todos os tempos ficou nos anos 1980 e 1990. Se você nasceu no final da década de 1990, acabou perdendo tudo que ela poderia lhe presentear em termos de “bons momentos”. Tanto naquela época quanto hoje em dia não existe o costume de criar desenhos animados com o tema “futebol”, mas teve dois deles que fizeram muito sucesso. Um passou na extinta Rede Manchete de Televisão, o Super Campeões e o outro passava num festival de desenhos transmitido aos sábados pelo SBT, chamado Sábado Animado. Esse desenho um tanto bizarro se chama Hurricanes – Os craques da Bola.

hurric_spirit1

Hurricanes ou melhor, Os Craques da Bola no Brasil, foi uma série animada produzida pela companhia Dic Entertainment. O desenho animado foi criado em 1993 e encerrado em 1997. Em 1995 o homem do baú, o Senor Abravanel, vulgo Silvio Santos, resolveu criar um novo programa para preencher as manhãs de sábado do Sistema Brasileiro de Televisão, o então SBT. Esse programa foi o “Sábado Animado” e passava uma série de desenhos e o The Hurricanes era um deles.

À época, os Hurricanes rivalizavam diretamente com Os Super Campeões da TV Manchete, perdia feio, mas como não passava Super Campeões aos sábados tinha muita gente que assistia um bando de norte-americanos tentando falar de futebol.

Hurricanes_Lunchbox

Os Hurricanes era o melhor time de futebol do mundo e, durante toda a série, eles jogavam contra um único time, os Gorgons. Os Hurricanes tinha como presidente uma mulher Chamada Amanda Carey e um técnico inspirado numa lenda do futebol escocês, o Jock Stein,  que fez o Celtic ser campeão da Taça dos Campeões Europeus de 1966–67.

O desenho não fez muito sucesso tanto por aqui quanto ao redor do mundo. São pouco os vídeos que você encontra sobre Hurricanes – Os craques da Bola no YouTube. Abaixo você pode ver como era a abertura e um pouco da temática que a produção apresentava em um dos seus episódios. 

Tudo que eles faziam no desenho seja dentro do campo de futebol ou fora dele, era acompanhado da gorduchinha. Provavelmente para comprovar que eles realmente amavam o esporte. Hurricanes – Os craques da Bola tinham quatro personagens considerados principais.

Amanda Carey

Dona do Hispanola Hurricanes, Amanda herdou o time do pai dela. Sendo uma adolescente, ela precisou da permissão da mãe para ficar à frente do gerenciamento do time e também de notas satisfatórias na escola para manter essa permissão. Apesar disso, ela às vezes se envolve nos esforços dos jogadores em frustrar os truques sujos dos Gorgons ou outros vilões que eles encontram pelo caminho. No final de quase todos os episódios, ela aparece para explicar a moral de cada um deles.51GFHCNV5QL._SS500_

Stavros Garkos 

Dono do Garkos Gorgons, Stavros Garkos é capaz dos mais diversos esquemas desonestos para que seu time seja campeão mundial e/ou expandir seu império financeiro global, as Empresas Garkos. Seu império inclui hotéis, parques temáticos, uma financeira, uma estação de tevê, uma companhia de seguros que cobre o satélite da emissora, um laboratório que passou a pertencer a ele quando a antiga dona não conseguiu pagar o empréstimo feito com a financeira, entre outras coisas. Garkos é o principal vilão da série e causa problemas para os Hurricanes em quase todos os episódios em que aparece. Outros de seus objetivos incluem: destruir os Hurricanes e “provar” que o futebol é um esporte grego. Ele também chegou a investir na indústria cinematográfica, mas seus esforços em fazer com que um dos Hurricanes se machucasse nas filmagens fizeram o investimento fracassar.

Winston Honeychurch 

Afro-Americano e novaiorquino, Winston Honeychurch é um comentarista de todos os jogos oficiais em que os Hurricanes participam. Raramente interage de forma direta com outros personagens, mas quando o faz, isso produz um grande efeito na trama. Exemplos de episódios em que ele interage com outros personagens são: “There’s Only one Jock Stone”, onde, depois que Jock deixa os Hurricanes, Winston lhe oferece um emprego de comentarista no programa dele, fazendo o programa ser temporariamente renomeado “Rapping With Winston and Jock”; e “Target: Winston”, onde um criminoso que manipula resultados de jogos para ganhar apostas, teme que Winston o tenha visto subornando um árbitro e tenta matá-lo. Com a ajuda dos Hurricanes e, surpreendentemente, dos Gorgons, o criminoso é capturado e descobre que contrário do que ele temia, Winston não o reconhecera. Entretanto, Winston menciona ter encontrado uma agenda de telefones que a polícia confiscou e usou como prova para condenar o criminoso.

thehurricane

De certo, muita gente nunca ouviu falar sobre esse desenho ou ao menos não se lembra que ele já foi exibido pelo SBT. De qualquer forma esse desenho fazia um “sucesso” em algum lugar que não sabemos aonde, pois a prova de que esse sucesso aconteceu, foi um jogo que lançado para Super Nintendo em 1994 pela Probe Entertainment Limited. 

Hurricanes é um jogo de ação, onde o instrumento para derrotar os inimigos do jogo é uma bola. Isso mesmo que você leu, não era um jogo de futebol em si, se tratava apenas de um jogo de ação onde eles chutavam a bola nos personagens para derrotá-los.  

the-hurricanes-jogo

Hurricanes019

Aquilo no chão seria um limão ou um pedaço de pizza?

SNES-TheHurricanes-01

Detalhe para o tamanho da pelota que beira o joelho do jogador.

Bizarrices a parte, no geral Hurricanes – Os craques da Bola era legal e a nostalgia deve ter batido forte em quem conseguiu se lembrar. 

VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2018 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.