Connect with us

Inscreva-se

Textos

O Fundamento do Ônibus

O texto a seguir NÃO tem a intenção de apologia ao preconceito ou discriminação.

Todos sabem que há todo um fundamento envolvido numa viagem de ônibus. Seja de São Matheus (bairro da periferia de São Paulo) até o centro, seja de um ponto até o próximo, seja de Belém a Salvador. Não importa a distância, certos fatos acontecerão indiscutivelmente.

No mundo em que vivemos, pessoas precisam locomover-se aos seus respectivos trabalhos, casas, diversões, centro de ubanda, entre outros. E claro, grande parte desses possuem apenas o coletivo público como meio de transporte; é muito mais barato. Dentre toda essa multidão, o motorista e o cobrador são os únicos que não estão indo para lugar nenhum. Aquele é o trabalho que o destino os reservou. Porém, e muito mais que porém, não estão livres da aventura que é subir os degraus dum ônibus e ali permanecer por alguns intermináveis minutos.

Comecemos pela inundação de idosos neste recinto:

A parte da frente do ônibus tem geralmente de 4 a 12 lugares antes da catraca que, por ventura, são todos preferenciais. O cômico da história é que entram 50 idosos e ficam todos tumultuando a passagem. Deus proteja a pessoa que estiver sentada num banco que seja reservado a eles, pois tornam-se feras famintas ao ver tal cena. Idosos são tão fodas alastradores que tomariam conta do busão inteiro mesmo se não houvesse lugar para sentar. Se por decreto de algum órgão houvesse uma certa porcentagem de lugares preferenciais, os garotões de 64 anos ou mais virariam um bando de rebeldes e te jogariam pela janela caso sussurrasse qualquer palavrinha de reclamação.

A única solução no horário de pico seria com que as empresas rodassem ônibus exclusivos para a terceira idade, assim eles se matariam sozinhos. E nós, jovens, e também para alguns adultos, evitaríamos o discurso costumeiro: “Esses jovens não prestam para nada. Todos sadios e não fazem uma caridade.” Há um discurso ainda mais agressivo que surge quando uma senhora mal humorada o encontra sentado no banco amarelinho: “Maconheiro fila-da-puta, ficou a noite inteira na gandaia e agora está cansadinho? Levanta logo!” A verdade é que velho gosta de passear em ônibus como se estivessem em calhambeques conversíveis. Lembrando que além dos idosos, os bancos com tarjas amarelas são reservados para gestantes, deficientes físicos e… gordos obesos.

Se velhos ocupam mais da metade do espaço, gordos auxiliam (e muito) no overflow do ônibus. A expressão “gordo é espaçoso” é tão redundante e singular ao mesmo tempo. Gordos dominam uma sequência de 3 assentos; gordos gostam de levar sacolas enormes no corredor do coletivo; gordos sentam, não pedem licença e te expremem na lateral do busão; gordos são, em sua maioria, os únicos que comem no meio da suadeira. A cara gorda de pau deles é tão grande que uma fat mulher senta-se, pega seu pacote de salgadinho Torcida sabor calabresa e come como se estivesse na mesa de jantar contemplando a comida junto dos familiares. A cena é tão abusiva que bastará uma lombada para esparramar salgadinho por todo chão da lotação. Ah… Lotação é um outro termo bem redundante e singular.

Como em todo coletivo, a esfregação é inevitável. A passagem obstruída, mas nem por isso impenetrável, é a rápida desculpa por um abuso como estes. Deus me guarde por nunca ter sentido uma saliência cutucando meu bumbum. Para isso tem-se uma tática: não importa o quão cheio estiver o ônibus, vá para o fundo do corredor. Pronto! Aproveite o trajeto para dar umas encoxadas e se alguém te olhar de rabo de olho, não diga nada ou solte um sorrisinho. Uma forte ereção no meio deste translado pode não ser uma boa idéia. Fato é que ônibus e samba-canção não combinam; evite este aborrecimento.

Na saga desta aventura, quando o grandioso santo te reserva um banquinho, não há como resistir uma soneca. Aposto que são incontáveis as vezes que você jura de pés juntos que não dormirá tal dia, o diacho do busão te fará dormir. É um axioma! O balançar do ônibus é uma rede, o encosto da cabeça vira um travesseiro, os fones no ouvido é música ambiente e o calor escaldante lembra a praia no verão; não há situação mais confortante do que um coxilo no ônibus. Quem não trocaria a própria cama por um banco de ônibus?

E por falar em troca… Trocas de olhares também não faltam neste recinto. Costumo dizer que o ônibus é lugar dos amigos sem amizade. Seguindo uma rotina, você acaba encontrando na volta as mesmas pessoas que foram com você. Nisso, envolve-se todo o gingado do piscar d’olhos, todo saculejar de cabelos para o lado, todo sorriso bobo para o espelho cônvexo que o cobrador usa e toda a malandragem do esbarrão sem querer. Dizem que ônibus também serve para conhecer pessoas e manter amizades, mas não espante-se caso nunca tenha conversado mais de uma vez com a mesma pessoa.

Enfim, ninguém nesse mundo pode morrer antes de entrar num desses. Experimente o horário de rush no trajeto mais infernal e distante existente. Isso mudará sua vida!

E você, vai descer no próximo ponto?

Em off: Este Blog tem carater opinativo. Portanto tudo o que descrevemos aqui nada mais é, do que nossa opinião escrachada e vulgarizada sobre relatos e acontecimentos do dia-a-dia. Todavia tudo que descrevemos neste recinto faz parte de nossa opinião fazendo assim a continuidade da livre manifestação do pensamento.

Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

Escrito por

Jornalista, apaixonado por quadrinhos, filmes, séries e retrogames. Espero que você alcance o sétimo sentido em todos os âmbitos da vida.

Comentários
Advertisement
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.

    Parceiros:

  • xvideos
  • Videos Porno
  • Xvídeos
  • filmes online
  • Ah Negão
  • xnxx
  • Acompanhantes BH
  • Acompanhantes Belo Horizonte
  • Videos Porno
  • X videos
  • Xvideos Porno
  • Porno Nacional
  • Pornô
  • acompanhantes sp
  • x videos
  • Mr Pornô
  • Xvideo
  • acompanhantes em sp
  • Acompanhantes Campinas
  • xvideos brasil
  • Relatos e Contos Eróticos
  • Filmes Pornô
  • Xvideos Brasileiro
  • ACOMPANHANTES SAO PAULO
  • acompanhantes são paulo
  • Acompanhantes ES

Proibido Ler - Since 2009 - Copyright © 2018 Jawn Theme.

Connect
Assine nossa newsletter e receba os conteúdos mais quentes da cultura pop.