Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'
in

Star Wars | A Força está com ‘The Mandalorian’

Pode acreditar, o fã finalmente voltou a ter esperanças com ‘Star Wars’

Quando escrevi sobre como “Os Últimos Jedi” (2017) pode ser interpretado nos dias de hoje,  pude constatar que: a moral da história é que “Star Wars” sofreu nas mãos da falta de planejamento. Nós sabemos disso. A Disney sabe disso. Mais do que isso, Kathleen Kennedy, Dave Filoni e Jon Favreau sabem disso.

Paradoxalmente, o final de 2019 trouxe o céu e o inferno para a franquia e, por bem, fez isso chegar nas pessoas certas. “A Ascensão Skywalker” (2019) foi um fracasso enquanto a série “The Mandalorian” foi um sucesso. Isso já diz o suficiente.

Então, enquanto a ideia do texto sobre o oitavo episódio era trazer o que dá pra tirar de bom da trilogia – com ênfase clara no segundo filme – este será a perspectiva otimista do que vem pela frente, junto com uma visão do que sabemos sobre cada projeto.

The Clone Wars, o começo de tudo

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Em 2008 George Lucas queria porque queria abordar a tal das Guerras Clônicas. Não o começo, visto no “Ataque dos Clones” (2002) ou o final, na “Vingança dos Sith” (2005), mas o desenrolar. Já teve uma animação de mesmo título em 2003, feita como prévia para o terceiro filme, mas não pareceu o suficiente para o ambicioso Lucas. E então surgiu Dave Filoni, diretor e cabeça-chefe desse novo investimento, que fracassou no cinema e fez sucesso na televisão.

O desenho durou cinco temporadas, escalando e escalando em qualidade – tanto de animação quanto na narrativa. Somos apresentados a novos personagens, como Ahsoka Tano, General Rex e Saw Gerrera, além de acompanhar o ressurgimento de outros grandes nomes, como Darth Maul. Inclusive, ele entrega ao zabrak toda a sua grandeza, que antes existia apenas no universo expandido, que hoje está longe de ser canônico. Bom, Filoni fez o sonho ser canônico. Além disso, “The Clone Wars” explora devidamente as personalidades de velhos conhecidos como Anakin Skywalker e Obi-Wan Kenobi, também entregando momentos memoráveis a Mace Windu, Kit Fisto e tantos outros jedi que são quase figurantes nas prequels. Ah, sim, ele quase torna o Jar Jar decente, grande mérito.

É engraçado, inclusive, que a recepção de Filoni em sua carreira foi oposta à de Lucas: começou com grandes críticas ao seu filme e demorou para que a série e suas outras produções caíssem no gosto do público, enquanto Lucas fez o contrário: se nos anos 80 foi aclamado, nos anos 2000 caiu em desgraça. “Star Wars” se tornou divisivo. Filoni veio para unir essa divergência.

Rebels, a sequência lógica

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

“The Clone Wars” foi precocemente cancelada no impasse da compra da Disney. Com a campanha #SaveTheCloneWars, a Netflix até tentou dar uma chance e disponibilizou a série em seu catálogo, mas não foi muito longe. Ainda assim, Filoni não ficou parado e esteve envolvido em “Star Wars Rebels”, uma animação mais infantil – afinal foi a primeira iniciativa da Disney em uma animação da franquia – que também ganhou, pouco a pouco, o respeito dos fãs. Isso porque, espiritualmente, era uma continuação clara de The Clone Wars: Ahsoka, Rex, Maul… estava tudo lá, com direito a ainda mais personagens interessantes como Kanan, Ezra, Sabine, Hera e tantos outros, além de também trazer outro grande personagem que antes pertencia aos confins de Legends (título do ex-universo expandido da saga): Grande Almirante Thrawn.

Rebels foi longe, tendo um desfecho merecido – diferentemente da precursora – e tendo até um episódio voltado ao velho Ben Kenobi, em que temos um pequeno vislumbre do futuro clássico. Vale notar que eles também trazem Saw Gerrera, o extremista Rebelde, de volta às telas e assim criam a primeira grande interação entre as animações e o cinema: o personagem que começou lá em “The Clone Wars”, faz uma ponta em Rebels e é adaptado para o live action em “Rogue One: Uma História Star Wars” (2016) . Achei tendência!

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Até que “The Clone Wars” foi salvo, dando a chance para terminar a história iniciada lá atrás e com um fim digno, com direito ao Expurgo Jedi, o Cerco de Mandalore e uma aventura meio random da Ahsoka, que fez amigas novas e nos permitiu acompanhar um pouco mais a realidade dela no período.

Do 3D ao Live Action

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Daí foi só a escalada. Se antes começamos em um 3D que foi progredindo a cada temporada, o astro vivido por Pedro Pascal deu vida à nova fase chefiada pelo velho Filoni, que agora está com Jon Favreau ao lado. Afinal, se o cara fez a Marvel Studios engatar e funcionar com anos de planejamento (alô, Kevin Feige), ele faria “Star Wars” na televisão ser um sucesso. Ele entende como esses personagens de blockbusters funcionam, bem como em criar essas aventuras pra eles. E no fim “The Mandalorian” deu passos tão importantes quanto o primeiro Homem de Ferro.

A série introduziu seu personagem original em um cenário pouco praticado no universo: a suposta paz da Nova República, que na realidade tem seus defeitos e é muito bom vermos isso longe da ótica dos personagens centrais. Isso, claro, com um protagonista quase amoral: ele não tinha apreço pela vida, um trabalho era um trabalho e a Guilda era a sua única fonte de limites. Além dos pessoais, motivados pelo velho credo Mandaloriano. Dentre tantas qualidades, a série também teve de se virar com alguns episódios mais corriqueiros de aventura da semana. Não menos divertidos, mas cuja importância pro arco central poderia ser questionada. E é aí que chegamos na segunda temporada, disponibilizada há relativamente pouco tempo no Disney+.

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

A segunda temporada corrigiu os poucos erros da primeira: trouxe de volta alguns personagens originais, como Kara Dune e Mayfeld, que receberam muito mais profundidade nesta temporada. Além de desenvolver os originais, a temporada trouxe outros velhos rostos que geraram diversos sorrisos e que felizmente foram apresentados ao grande público.

Sim, estou falando em especial de Bo-Katan e Ahsoka Tano.

Ah, é, e Boba Fett, como Maul, também voltou dos mortos. Bem-vindo.

Novos caminhos são o caminho

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Com esse contexto, chegou a hora de seguir em frente. E ‘seguir em frente’ nunca foi tão menos linear em “Star Wars”. A ambição ficou clara com a volta da Ahsoka e, depois, o Disney Investor’s Day: o caminho é seguir com séries múltiplas abordando recortes desse universo expandido que, pela primeira vez fora das animações, toma forma com planejamento em larga escala. Não esquecemos os méritos de “Rogue One”, mas foi one-shot. Inclusive, Cassian Andor é bem vindo de volta.

Falando nele…

Andor

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Um personagem com até então pouca exploração no universo, mas que agora ganhará uma série focada exclusivamente no personagem. Trará toda a carga de espionagem e assalto que o personagem tomou a si por merecer, antes de imaginar conhecer Jyn Erso (Felicity Jones) e se envolver com os planos megalomaníacos do Império envolvendo a Estrela da Morte. A série contará com doze episódios e será estrelada por Diego Luna.

Lando

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

O queridinho (por alguns, odiado por outros) Lando Calrissian (Billy Dee Willians, Donald Glover) também receberá uma série para estrelar. Contudo, não se sabe exatamente em que período a série se passará ou quem interpretará o personagem conhecido por sua traição contra Han e sua trupe. Pelo ritmo das coisas, talvez seja uma sequência velada de Solo, explorando uma das poucas coisas que deu certo no filme em novos territórios. Mas é pura especulação, a única coisa que temos até agora é um logo.

Obi-Wan Kenobi

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Há quanto tempo isso é pedido? Pois é, agora é oficial. Como não poderia deixar de ser, Ewan McGregor está de volta e a série também conta com o retorno de Hayden Christensen como Anakin Skywalker/Darth Vader. Acompanhará um pouco da trajetória do velho Jedi em sua missão de proteger Luke Skywalker, sendo que teorias bem fortes (por Kenobi, livro de Legends que aborda a mesma média de período e rumores sobre Liam Neeson na série) que sugerem que também terá tempo para aprender a se comunicar com Ki-Gon Jinn. Será que veremos o processo para se tornar um fantasma da força? Pode ser.

The Acolyte

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

E para a surpresa de todos (ou nem todos) a Disney finalmente abordará um período antes das Prequels em live action. Muitos já se falava acerca de que a Alta República, nova fase de publicações em livros e quadrinhos com um plano gestor de anos com grandes nomes colaborativos para a expansão literária de Star Wars, estaria apenas abrindo novas portas que eventualmente traria frutos na telinha ou na telona. E é fato: a série abordará o final da Alta República, com os Jedi e os Sith em seu auge quantitativo (e a gente sabe que o lado sombrio sempre se dá melhor com duas peças no tabuleiro, rs).

Leslye Headland, de “Boneca Russa”, encabeçará o projeto. O Proibido Ler já falou da série anteriormente, o potencial dela é inegável.

Visions

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Uma série animada e antológica. O projeto, bastante independente de todos os outros, trará novas perspectivas sobre a Força e a galáxia no geral.

O projeto envolve o nome de animadores japoneses, o que remete à influência que George teve dessas obras, e pode ser refrescante ver uma nova pegada em animação no meio de tanta série surgindo.

The Bad Batch

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

“The Clone Wars” deixou um vácuo preenchido por “Rebels” por bastante tempo até que fosse finalmente finalizada. Na temporada final, inclusive, apresentou a ideia de clones “defeituosos”, que de defeituosos não tem nada. São um esquadrão de assalto que trata as individualidades de cada um deles com primor, deixando os normies para tás. Se os clonetroopers franzinos e sem diferenciais fizeram o que fizeram durante a Ordem 66, quem dirá do que essa safra excêntrica é capaz?

Contudo, não temos muitos detalhes. Há um trailer que anuncia a série como sequência oficial de “The Clone Wars”, e aparentemente abordarão os primeiros anos do império sob a perspectiva desses soldados. Talvez possamos ver um pouco mais do General Rex e sua jornada como desertor, o que aconteceu ao Comandante Cody, os anos iniciais de Ahsoka como fugitiva, as primeiras aparições do Grand Moff Tarkin e tantas outras pontas que ficaram em aberto.

Terminar essa animação com ganchos para “Rebels”, inclusive, seria bem redondo. Quem sabe não vejamos alguma jornada prévia de algum dos tripulantes da Ghost…

Mas antes de voar e pirar em teorias, a série será sobre esses soldados especiais. Sabemos que aparições especiais são inevitáveis, mas a ótica deles deve ser bem explorada para essa nova empreitada dar certo.

Star Wars: A Droid Story

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Nessa safra de animações, também teremos A Droid Story. Será uma animação em que R2-D2 e C3-PO acompanham um novo personagem, ainda em mistério. Poderia ser Ben Solo em seus primeiros anos? Difícil dizer, apesar de o personagem já ter sido bastante explorado nos quadrinhos e até agora parecer que ele não tem nenhum grande vínculo com os dróides. Como a Saga Skywalker já é praticamente na ótica dos dois, difícil imaginar como será a animação, que provavelmente é voltada ao público mais infantil. Vamos esperar.

Rangers of the New Republic

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

E finalmente chegamos ao primeiro spin off de “The Mandalorian”. A série acompanhará o dia a dia dos oficiais da Nova República em seus primeiros anos, provavelmente agregando Cara Dune (Gina Carano) como uma de suas protagonistas. A aposta é alta e encontros com o velho Mando são inevitáveis.

Ahsoka

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Por fim, chegamos a grande aposta de Dave Filoni para abordar sua personagem já madura, vivida por Rosário Dawson, que lutou nas Guerras Clônicas, foi peça-chave nos primórdios da rebelião contra o Império e que agora está em sua jornada pelo Grão Almirante Thrawn. Provavelmente a série também abordará o porquê de Ahsoka não estar mais na companhia de Sabine Wren e traga de volta Ezra Bridger. É hora de fechar o circuito iniciado em 2008 e começar a caminhar em ares de conclusão a essa personagem que ganhou boa parte do fandom de Star Wars.

The Book of Boba Fett

Star Wars | A Força está com 'The Mandalorian'

Este último nem foi divulgado no tal dia do investidor. Ele chegou sorrateiro, de surpresa, em uma cena pós-créditos alá Marvel Studios no último episódio da série do momento. Também não tem muitos detalhes, mas deve explicar um pouco mais sobre o resgate desse personagem que antes vivia de estilo, e agora traz a profundidade necessária para carregar um título nas costas. Vale citar que provavelmente o veremos dando a volta por cima e atuando como um Lorde do Crime em Tatooine.

E, claro, não podemos deixar de citar Rogue Squadron, dirigido pelo grande nome recente Parry Jenkins (Mulher-Maravilha) e do espaço reservado a Taika Waititi (Thor Ragnarok, The Mandalorian) para a direção de um novo filme, mas a intenção desse artigo foi falar sobre a jornada das séries de “Star Wars”. Os filmes já tiveram espaço demais e, em tempos de streaming e pandemia, as demandas do mercado mudam. Finalmente, evitando o grande problema que a desordem em cima dos novos projetos causou, a Lucasfilm sob as asas da Disney está pronta para apostar em onde dar certo.

Também estamos ansiosos para saber o que você, que acompanhou o artigo e a saga até aqui, acha desse futuro de há muito tempo!

Todos as produções da saga “Star Warsestão disponíveis no Disney+.

E aí, curtiu?

Escrito por Diego Muntowyler

Marketing digital durante o dia, escritor durante a noite. De ficção a conteúdo nerd, acredito na palavra como arte e é hora de parar de engavetar as coisas. Que a Força esteja com você.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0
Scott Pilgrim vs. The World: The Game | O beat 'em up sem defeitos

Scott Pilgrim vs. The World: The Game | Um beat ‘em up sem defeitos

3D Pinball Space Cadet | Jogue online o melhor game de pinball pra PC

3D Pinball Space Cadet | Jogue online o melhor game de pinball pra PC