in

HQ do Dia | Star Wars #1

É chegado o momento que todos os fãs de Star Wars mais esperavam / temiam desde o anúncio da aquisição dos direitos da franquia da Luscasfilm pela Disney / Marvel. Esta semana a Marvel publica a edição de estreia de sua nova série em quadrinhos simplesmente intitulada Star Wars com roteiro de Jason Aaron, arte de John Cassaday e colorização de Laura Martin.

Star Wars #1 nos coloca cronologicamente em um dos períodos mais interessantes da trilogia original – Logo após os eventos do episódio IV – Uma nova Star-Wars-1esperança e antes do episódio V – O império contra-ataca. Para quem busca referências ao antigo universo expandido, esqueça. O autor se baseia unicamente nos roteiros dos filmes para contar sua história. Aqui vemos todo o elenco principal da aliança rebelde em uma missão que os coloca frente a frente com o Império Galáctico que recentemente sofreu a destruição da primeira Estrela da Morte. A história de Aaron não poderia ser mais amistosa, leve, divertida e respeitosa com os fãs dos filmes (não do Universo Expandido). Uma trama simples e bem amarrada com os eventos de Uma nova esperança e diálogos tão bem caracterizados e distintos que nos fazem escutar de fato as vozes dos intérpretes do filme. O clima da HQ é Star Wars puro e o roteirista insere ótimas referências a todo o momento, seja em fragmentos de diálogos que ecoam algo dos filmes ou mesmo situações que são corriqueiras em se tratando de Star Wars. Isso para os fãs é impagável. Logicamente em se tratando de uma história em quadrinhos temos aquele cliffhanger de lei no final da edição mostrando advinha quem? Ele mesmo!

A arte de John Cassaday é ideal para este título e trabalhando com prazos confortáveis o desenhista consegue nos presentear com caracterizações e cenas antológicas nesta primeira edição. Rostos no limite entre a caracterização fotográfica dos atores e a “cartunização”, cenários estranhamente familiares para os fãs, fotografia cinematográfica, enquadramento sóbrio e sem viagens, expressões corporais dignas das interpretações do elenco original, equipamentos e veículos detalhados. Realmente um trabalho muito caprichado na edição de estreia. A colorização de Laura Martin é classuda e sem psicodelia nem muito brilho ou efeitos revolucionários, é uma HQ com clima de HQ visualmente.

Star Wars #1 não inventa a roda, não trás nada do Universo expandido e nem vai explodir a tua cabeça com um roteiro incrível. Ao invés disso temos uma história sólida com um dos elencos mais adoráveis da história da nossa cultura e que se passa em um período cronológico muito apropriado para este tipo de aventura. Jason Aaron e a equipe de editores conseguem fazer a HQ emanar Star Wars por todas as páginas. Desde seu pequeno prefácio emulando os créditos iniciais do filme (Se você se concentrar na Força dá pra ouvir claramente o tema de John Williams tocando na tua cabeça após ler a página de recapitulação inicial) passando por diálogos com vozes totalmente vivas até o final com os créditos fazendo referência à película. A arte de John Cassaday e Laura Martin é parte fundamental para este pacote de 44 páginas mostrando e relembrando todos os motivos que nos fizeram amar tanto este personagens. Além disso a revista ainda conta com prévias dos outros títulos de Star Wars a serem lançados pela Marvel este ano Star Wars – Darth Vader Star Wars – Princess Leia. Uma estreia muito consistente e principalmente divertida de ler – Como deve ser tudo relacionado a Star Wars.

Veja minha última resenha: HQ do Dia | Homem-Formiga #1

E aí, curtiu?

Escrito por Igor Tavares

Carioca do Penhão. HQ e Videogames desde 1988. Bateria desde 1996. Figuras de ação desde 1997. Impropérios aleatórios desde 1983.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Pacto Sinistro | Clássico de Hitchcock ganhará nova versão de David Fincher e Ben Affleck

A diversidade de Orange Is The New Black é importante para o público feminino