Dossiê: Gavião Arqueiro – Clint Barton

Leia em: 6 minutos

Clint Barton é Gavião Arqueiro, o melhor atirador do mundo, e provavelmente o herói mais azarado dos quadrinhos.

Criado por Stan Lee e Don Heck, a primeira aparição do Gavião Arqueiro aconteceuDossiê: Gavião Arqueiro – Clint Barton em 1964, no issue #57 de Tales of Suspense. Na história, após ver Homem de Ferro em ação, ele decide se tornar um herói mascarado, porém é confundindo com um bandido e perseguido pelo Homem de Ferro e pela Viúva Negra. Depois que as coisas são esclarecidas, ele se junta aos Vingadores.

Clint cresceu em uma família problemática, com um pai alcoólatra que sempre agredia ele, sua mãe e seu irmão Barney. Barney ensinou Clint a lutar e se defender. O alcoolismo de seu pai custou a Clint e Barney serem órfãos, seus pais morrendo em um acidente de carro. Eles são mandados para inúmeras casas, mas decidem fugir e acabam entrando para o circo. Lá, Clint é treinado pelo Espadachim e pelo Trickshot original, com quem aprende a ser o melhor atirador e a transformar qualquer coisa em uma arma. Nesse trecho da história é quando, em publicação, conhecemos Gavião Arqueiro em Tales of Suspense.

dossie-gaviao-arqueiro-clint-barton (4)Há inúmeras versões do porquê e desde quando, mas é certo que Clint é parcialmente surdo. De algum jeito ou de outro, não importa qual passagem do personagem seja, ele vai ficar surdo em algum ponto da história. E ser assassinado. Estamos falando aqui de um personagem da Marvel, então morrer e voltar é algo comum, mas o coitado do Gavião Arqueiro já passou por essa situação inúmeras vezes.

O personagem é conhecido por, além de seu azar e tendência a se meter em problemas, seu temperamento. É sabido que ele e Capitão América não estão sempre nos mesmos termos. Ele também não é bom em relacionamentos amorosos, tendo namorado várias vingadoras, inclusive a Harpia (Bobbi Morse), com quem foi casado e se divorciou.

Além de ser um Vingador, Clint também trabalha com a SHIELD em várias histórias, tendo talentos para espionagem e ir em missões com a Viúva Negra. Ele também foi o líder dos Vingadores da Costa Oeste. Por algum tempo, Clint abandonou a manta de Gavião Arqueiro e, depois der tomar o soro do Homem Formiga (Hank Pym), passou a ser o herói Golias. Ele também atuou com o nome de Ronin, após a suposta morte do Capitão América, usando suas habilidades com espada aprendidas com Espadachim. Foi nessa época que conhecemos Kate Bishop, a Gavião Arqueira, parte dos Jovens Vingadores. Atualmente, ambos usam o nome de Hawkeye (Gavião Arqueiro) e inúmeras piadas são feitas a respeito disso.

Tá bom, agora eu conheço ele, mas por onde começo a ler?

Pois bem, criança do verão. Apesar de conhecermos Clint lá trás na história de Homem de Ferro, talvez esse não seja o melhor jeito de começar. Nem sempre a primeira aparição do personagem é o caminho, ainda mais levando em conta o tempo que já se passou. Vamos para algo mais recente:

Dossiê: Gavião Arqueiro – Clint Barton

GAVIÃO ARQUEIRO (2012-2015) por Matt Fraction e David Aja

A passagem de Fraction e Aja pelo título do arqueiro é um presente. Concorreram a inúmeros prêmios importantes da indústria e certamente deram um passo importante no modelo atual de fazer quadrinho. Nós vemos, basicamente, a vida de Clint quando não está salvando o mundo com os Vingadores. Conhecemos aqui o lado mais humano do herói, seus novos amigos, seu relacionamento fraternal com Kate e seu cachorro, o Pizza Dog. É bom também para entender o passado de Clint, ainda mais quando seu irmão Barney aparece na história. Em certo momento, após Clint ficar surdo mais uma vez, recebemos uma edição completamente feita em linguagem de sinais. Hawkeye de Fraction e Aja é leve e profundo ao mesmo tempo e talvez seja por isso que é tão querida pelos fãs e fez muitos se apaixonarem pela vida de Clint. Os traços de Aja enchem os olhos enquanto o roteiro descontraído de Fraction nos motiva a querer saber mais sobre a vida dos personagens. É um ótimo lugar para começar e tem apenas 22 edições. Garantimos que você vai se apaixonar. Ah, tem uma edição que é inteiramente contada pelo ponto de vista do Cachorro.

Aqui no Brasil, essa fase de Hawkeye está sendo publicada junto de Capitão América. (Comix)

Dossiê: Gavião Arqueiro – Clint BartonDossiê: Gavião Arqueiro – Clint Barton

Quero ler mais sobre o personagem. O que ler?

Não tem muitas opções solos com o Gavião Arqueiro, já que o herói não era primeiro escalão na editora, mas há algumas histórias que valem a pena.

Dossiê: Gavião Arqueiro – Clint Barton

AVENGERS: SOLO #1-5, por Jen Van Meter e Roger Robinson

Aqui nós acompanhamos o atirador se envolvendo com uma conspiração em uma pegada mais urbana. É mostrado um lado mais espião de Clint, além de tê-lo se metendo em confusões a torto e a direito como sempre. Entendemos também como ele se vê como um Vingador.

Dossiê: Gavião Arqueiro – Clint Barton

HAWKEYE #1-4, por Mark Gruenwald

Essa é a primeira revista solo do herói e foi uma minissérie limitada a 4 partes, mas que vale completamente a pena. Aqui começa a realmente se formar o personagem que conhecemos hoje, introduzindo seus primeiros inimigos e sua dinâmica sendo um Vingador. É nessa história também que ele e Harpia se conhecem e se casam. Gruenwald roteirizou e desenhou a minissérie, então ele sabia muito bem o que e como queria.

Dossiê: Gavião Arqueiro – Clint Barton

AVENGERS #174 “ Captives of the Collector!”, por Bill Mantlo e Dave Wenzel

Dezesseis Vingadores estão capturados pelo vilão O Colecionador. Apenas o Gavião Arqueiro sobrou e ele se prova ser digno do título de Vingador ao salvar todos. Muitos fãs de quadrinhos estão sempre questionando a importância de Clint para a equipe e aqui podemos ver como ele é importante e como ele é um personagem tão valido quanto qualquer outro. Ele prova que pode não ter superpoderes, mas suas habilidades e seu esforço bastam para ser um herói.


 Qual personagem dos quadrinhos vocês desejam que seja o alvo do próximo dossiê?