Um Role no Shopping Center

Você freqüentador assíduo de um shopping center já deve ter percebido, visto e até mesmo analisado este comportamento humano nesta faixa etária, aliás até participado também desta fase um tanto proveitosa para a sua pessoa. Percebemos que nos tempos de férias escolares,finais de semana e feriados este público que geralmente está iniciando sua vida social vai ao shopping atrás do beija sapo e de “causar” como eles sempre dizem. As garotinhas com seus cabelos de bonecas, lisos feito pintura metálica encerada, na maioria dos casos a chapinha da mãe fora emprestada para fazer o look Susi/Barbie, uma calça agarradinha e geralmente um converse branco. Elas andam sempre em bando, geralmente todas de mãos dadas formando assim, aquele mesmo logo que a prefeitura de São Paulo tinha quando a Dona Marta Suplicy era prefeita e lá vão elas em busca de um garotinho para tirar o BV ou contemplar mais um para sua lista de garotos beijados no final de semana. Já os garotões por sua vez, vão ao shopping praticamente para a mesma coisa, azarar a mulherada digo isso porque na idade deles é assim que eles denominam as garotinhas com 13/14 anos já as acima de 20 é tudo coroa, ou não!

Suas vestimentas geralmente não passa de um bermudão de “lekão” lógico até eles já tem a concepção de estarem prontos para cair no mar mesmo morando em Belo Horizonte, Cuibá e adjacências. Cada um deles gastam um kilo e meio de gel para deixar o cabelo bem arrepiado e com o aspecto de molhado, as correntes de prata já atingiu também esta fase da vida e a camisetas com marcas do circuito surf domina a parada ou melhor todos eles de Ecko Unltd sem procedência. O Nike Shocks 24 molas ainda resiste sobre o tempo e todos eles vãos buscar em rodeios nos corredores do shopping um bom divertimento, seja ele subir escadas rolantes, namorar as vitrines, listar produtos que vai pedir pro pai comprar futuramente e etc. Entram em lojas de departamento cultural como as livrarias Saraiva e Cultura e vão logo para os estandes de Cds, se sentem os cool da moda onde manjam de tudo da atualidade.

E tudo isso é basicamente coisas que envolve a Banda CINE e a série Crespúsculo da Esposa gringa do José Mayer. A praça de alimentação pra eles é igual o momento da merenda na escola é uma gritaria, um barulho uma arruaça, que só a Super Nanny pra dar um jeito. Eles fazem um mutirão para se alimentar vão em locais como Lojas Americanas e/ou supermecados acoplados a shoppings center e de lá rumam para praça de alimentação com seus copos descartáveis um refri de 2 litros e alguns salgadinhos na maioria com seu sabor fandangos. Se matam e após isso vão em busca da pegação, no final de tudo os que consegue ficar com alguém pega no mínimo a promoção de casquinha do Mcdonalds dois por R$ 2,00, fazem o clássico beijo na escada rolante, trocam MSN, orkut, twitter e facebook, ocupam os bancos de madeiras ao arredores do estabelecimento, se você prestar a atenção é cada beijo que parece um duelo de quem engole quem primeiro.

No final de tudo os país de cada um passam com seus carrinhos e buscam os seus filhinhos com a certeza de ter proporcionado um momento de lazer para eles. Aqueles que não podem ir de carro vai até o ponto final da lotação e começa uma nova jornada nesta que é a paquera dentro do transporte coletivo. Comentarei sobre este assunto no próximo post.

Por


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.