Soneto de Declaração

Apenas olhares
Isto queria
E em momentos simples amares
Suprindo a gélida hipocrisia

Um soneto para lhe enviar
Com amor, felicidade e lágrimas
Essas por medo de não conseguir e desistir de amar
Incognitando no poeta palavras lástimas

Sei que estaremos juntos, e lhe presentearei com esse porema
Farei-te rir, pois amo teu sorriso
E com alegrias você sorrirá para agradecer meu gesto de carinho nessa
tarde amena

Quero dizer isto
Declarar sem a esmo entristecer-me
Com o coração desabrochado no que sinto

 por Ferrer Toti o @toticore Dono do Blog VidaHC parceiro do proibidão.

Por


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.