Impulsividade

A impulsividade me ataca
Em dias que eu não espero nada
Em momentos que o corpo fala

 A impulsividade me assombra
Corrompe-me em termos inadequados
Passo por imbecil fácil

 Certas partes do corpo eu não controlo
Meu subconsciente também não ajuda
Dizem que a impulsividade é coisa de fraco

 De fraco mesmo só tem meus ânimos
Que desde outrora já não se levanta
Da beliche em que adormecera.

Por


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.