O dia em que eu virei a Mulher-Aranha sem querer

Dentre muitas coisas que já me aconteceram na internet, esta, com certeza, é uma das mais engraçadas. Quem me segue no twitter, sabe que eu vivo postando imagens aleatórias todos os dias. Seja algo relacionado aos posts do blog, alguma imagem esquisita que encontro na internet ou algo totalmente aleatório. Pois bem, há um tempo atrás, rolou a grande polêmica sobre a capa variante da revista da Mulher-Aranha, criada pelo artista Milo Manara.

A arte da capa foi acusada de ser muito sexualizada e vulgar, e levou ao cancelamento da variante. Ok. Passou um tempo e, no dia 04/10, foi compartilhada na minha timeline do Facebook, a foto de uma cosplayer lindíssima que tava imitando a capa que o Milo Manara desenhou. Aliás, imitando perfeitamente! Como eu sempre falo sobre quadrinhos, achei a foto maravilhosa e tudo mais, tuitei o seguinte:

Até aí tudo bem… Só que, de uma hora pra outra, e não me perguntem como, porque eu não faço a MENOR ideia, esse tweet começou a ser retweetado por um bando de gringos! Eles, então, pensaram que a cosplayer era eu (quem me dera ter esse corpão) e me transformaram num tipo de símbolo da luta contra os críticos da arte do Manara. Olha só a matéria desse site Cosplayer Puts Spider-Woman Pose To The Test. Internet Picks Face Up Off Floor. Abaixo, a tradução do que escreveram:

“Nós estivemos falando sobre a controvérsia da Mulher-Aranha por algumas semanas. Não porque sentimos alguma coisa sobre issomulher-aranha (honestamente, provavelmente não leremos os quadrinhos de qualquer forma), mas porque o assunto se recusa a morrer. Bem, felizmente, a cosplay performer “Louise” pode ter finalmente dado a palavra final sobre o problema incrivelmente besta. No perfil do Twitter da Louise, ela postou a imagem abaixo de si mesma, posando na posição exata da capa de Spider-Woman #1. Será que sua recreação abre um furo na teoria de que a imagem do artista Milo Manara era quase impossível? Também coloca em questão todas as opiniões de “especialistas” sobre a anatomia feminina, que se tornou viral durante a onda inicial de “Spider-Butt-Gate”. Para aqueles que quiserem saber, de acordo com o Google Tradutor, as palavras exatas de Louise são: “Um cosplay provando que aquela capa do Milo Manara era apenas realista.” Hey… O Google Tradutor não é perfeito, mas acho que dá pra ter uma ideia. A capa original de Manara é machista? Eu concordo em discordar neste ponto. Deixe que os consumidores decidam e chamem do que quiserem. Ainda assim, algo me diz que não será a última vez que veremos algo sobre isso na social media.”

POIS É! Acho que é melhor fazer alguns esclarecimentos, não é mesmo? A garota linda da foto, na verdade, se chama Ivy e mora em Porto Rico:

E aqui está o tweet que realmente deveria ter viralizado:

Sobre toda essa questão da polêmica, eu, como feminista e mulher, respeito totalmente a opinião das mulheres que se sentiram oprimidas ou ofendidas com a arte da capa do Manara, mas também entendi, depois de estudar a arte dele, que esse é o seu próprio estilo. Retratar as curvas femininas num estilo “nu e cru” e, inclusive, quando foi questionado sobre o desenho, o que ele respondeu foi: “O que eu queria fazer era uma ragazza que, depois de escalar uma parede de um arranha-céu, está rastejando no telhado. Ela se encontra na borda, e sua perna direita ainda está fora do telhado. Assim, as críticas de anatomia que foram feitas, eu acho que eles estão errados: não se trata de ter os dois joelhos no telhado. Uma perna ainda está embaixo, e a outra está sendo puxada para cima. Precisamente por esta razão, também, as costas estão arqueadas. Eu tentei fazer isso”.

Só tenho a dizer que foi algo bem divertido e inesperado que aconteceu, e olha, deu um UP maneiro na minha auto-estima. Ser comparada com uma garota com um corpão desses, viu? Talvez eu entre no ramo dos cosplays… O que você acha?

Leia mais Textões da Louise

Por Louise


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.