in

Cultura Coreana ganha mostra inédita no Metrô de São Paulo

Exposição ocorre gratuitamente na LInha 3 do Metrô

Até o dia 31 de agosto, quem passar pelas estações República e Tatuapé da Linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo poderá conferir a exposição sobre a Cultura Coreana, que chama a atenção pela gastronomia diferenciada e palácios majestosos. Aproveite antes de conhecer a exposição, e se liga nos precinhos dos pacotes SKY.

Composta por fotos, as imagens mostram um pouco mais sobre a vida cotidiana da Coreia através da culinária (Hanshik)  e apresentar os palácios da Coreia para os interessados sobre a cultura.

Exposição na Estação República 

Conhecida como HANSIK, a gastronomia da Coreia tem uma longa história como todos os países. Ao longo da história a gastronomia coreana foi evoluindo e se desenvolvendo conforme a tradição regional, questões climáticas, classes sociais e das mudanças pelas quais a sociedade passou.

O prato principal do Hansik seria o arroz na tigela e acompanhamentos feitos com hortaliças, legumes, peixes e carnes. Dentre elas, Kimchi é a base alimentar mais importante da Coreia, um acompanhamento que não pode faltar quando se fala de Hansik, tal como o arroz e feijão do Brasil.

Para o Centro Cultural Coreano no Brasil o intercâmbio gastronômico é muito importante, para diminuir a distância cultural entre os países e tornar a sua cultura mais conhecida entre os brasileiros. Hoje, a palavra “pão” em português é utilizada da mesma forma na Coreia e a pronúncia é quase idêntica, pois no passado ocorreu esse intercâmbio em que o pão não existia na Coreia.

Exposição na Estação Tatuapé

O estilo arquitetônico muitas vezes ajuda a entender a vida cotidiana de um determinado país. É possível imaginar a geografia, clima (temporadas), arte e filosofia da época. Os palácios da Coreia são ótimos exemplos para contar um pouco sobre isso.

Desde a antiguidade, os principais materiais de construção eram pedra, argila e madeira, que vêm da natureza sem passar por processos precários. A filosofia da arte veio daí, a melhor forma de expressar a beleza de uma construção é tentar combiná-la com a natureza.

Então nessas antigas construções, nos palácios da Coreia, percebe-se que as paredes são feitas de pedras e colunas de madeira sem acabamento para atender essa ideia de combinação com a natureza. Embora feitas de materiais brutos, elas eram muito resistentes e as telhas aguentavam o rigoroso frio do inverno na Coreia e aguentavam toneladas de neve. Esta beleza atrai milhares de turistas na Coreia e se tornou um dos principais pontos turísticos.

Exatamente por esse motivo a mostra se concentrou em uma das principais estações de metrô de São Paulo, a qual conecta-se dois shoppings com projetos arquitetônicos magníficos, a fim de diminuir as distâncias culturais entre Brasil e Coreia, que podem ser simbolizadas pela conexão entre ambos os complexos.

A expoisção vai até 31 de agosto nas estações Estação República e Tatuapé.

E aí, curtiu?

Escrito por Guta Cundari

Do cinema para o jornalismo. Amante de filmes e games, fã filmes de terror trash e joguitos que duram meses. As Premiações pelo mundo todo que me aguardem e os noobs que sofram.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0
Exposição apresenta personagens da Disney com vestimentas tradicionais coreanas

Exposição apresenta princesas da Disney vestindo hanbok

7 desenhos inesquecíveis que passavam no Disney Cruj

7 desenhos inesquecíveis que passavam no Disney Cruj