Como a cultura popular vem influenciando o jogo online

O número de usuários de plataformas de jogos de cassino online vem aumentando, não só no Brasil como por todo o mundo. No Brasil, como os jogos de azar e os cassinos continuam proibidos, os jogos online são mesmo a única opção permitida (desde que a plataforma tenha sua sede em um país estrangeiro). A indústria dos cassinos online está bem mais amadurecida do que quando a internet começou, e por isso não só é possível escolher plataformas respeitadas e renomadas, como os próprios jogos estão mais desenvolvidos. A presença da cultura popular é um bom sinal disso.

Importação de temas da cultura “pop”

Os jogos de cassino “precisam” continuamente de novos temas. Veja-se o exemplo das “slot machines”, ou máquinas caça-níquel, virtuais. Um desenvolvedor de softwares de jogo não tem limites na sua imaginação, ou pelo menos tem mais facilidade em criar prêmios, combinações, situações de bônus, variações de “reels”, etc., do que o construtor de uma máquina “física” (já nem tem como colocar aspas pois já todo mundo sabe que a realidade virtual é tão “real” como a realidade física, pelo menos em quesitos como este de dar prêmios em dinheiro em jogos de azar). Ele pode criar o que quiser e como quiser.

Mas junto com o desenvolvedor tem que estar sempre o criativo. Não tem mais como criar slot machines com frutas rodando. Cinema, música, esporte, literatura, natureza, história e “histórias”, tudo o mais que você possa imaginar, pode ser adaptado a um jogo online.

Já imaginou ter Lara Croft, a heroína de Tomb Raider, inspirando seus jogos online? E porque não os personagens de quadrinhos da DC Comics ou outras grandes criadores americanas? Já para quem tem saudades do passado, é fácil criar um jogo baseado do grande mito de James Dean. Na hora de pegar o usuário, as possibilidades são infinitas.

O jogo também influencia a cultura popular

Mas veja que a influência também acontece no sentido contrário. Na verdade, as fronteiras entre os jogos de cassino, o “gaming” e a cultura popular vêm se tornando cada vez mais cinzentas e menos visíveis nos últimos anos.

Um dos exemplos é o poker, que sem ser jogo de azar estava muito associado à ideia de cassino, de vício, e aos filmes “western” onde personagens duvidosos arriscavam pequenas fortunas ao jogo em “saloons” perdidos no Velho Oeste americano e resolviam partidas de poker com seus revólveres, e que se livrou dessa fama no início deste século. Virou febre mundial, milhões de pessoas perceberam que sequer é um jogo de azar e tem milhares e milhares jogando de forma recreativa e até profissional. Até o próprio Neymar, ultimamente, vem trazendo grande publicidade a essa modalidade.

Se há quem já veja os videogames como um elemento de cultura “mainstream”, que está abandonando sua tradicional ligação a “adolescentes rapazes” que trouxe da década de 1990, e sabendo da evolução radical que o poker sofreu nas últimas duas décadas, os jogos de azar online têm fortes possibilidades de acompanhar essa tendência nos próximos tempos.


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2018 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.