Jogador é preso pela SWAT durante sua livestream de Counter-Strike

Imagina você lá, assistindo a live de um gamer que você gosta, jogando Counter-Strike e, de repente, o apartamento do cara é invadido pela SWAT e todo o procedimento e prisão do meliante é transmitido ao vivo? Os gamers no vídeo são parte do “Criaturas“, um grupo de youtubers sediado em Littleton, Colorado, que publica vídeos no YouTube e Twitch.

Como os policiais apareceram sem armas de fogo, foi constatado que o Criaturas foi vítima de uma brincadeira de mal gosto chamada swatting, que nada mais é do que um trote na polícia. No caso, algum adolescente que se acha o ~troll~, ligou pra SWAT fazendo uma denúncia anônima, e gerou tudo isso. De acordo com uma reportagem feita no local, todo o prédio foi evacuado, e algumas fotos mostram um esquadrão policial armado no estacionamento. O edifício fica perto da Columbine High School, onde rolou um massacre em 1999. Assista:

A prática do swatting tá se tornando recorrente, porque os caras acham super divertido ver a polícia levar todo um esquadrão e equipamentos pra averiguar uma denúncia séria, e acabam sendo feitos de palhaços, quando podiam estar cuidando de algo realmente sério.

Caras, por favor, que essa merda nunca aconteça no Brasil.

Por Louise


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.