Review – Infinite Crisis

A Luta pelo Multiverso

Após um longo período da fase de testes, Infinite Crisis teve seu lançamento oficial no mês de Abril deste ano. O jogo, que tem o mesmo título de uma das sagas mais importantes do universo da DC Comics segue os moldes de jogos como League Of Legends e Dota, grandes percussores entre os games do gênero MOBA.

Infinite Crisis é um MOBA baseado nos multiversos da DC Comics, onde os mesmos multiversos estão misteriosamente, e lentamente, se colidindo em algo chamado “sangria”. Devido a isso, a introdução de vários personagens e suas diferentes versões do multiverso dão o ponto de ignição ao jogo e sua trama.

infinite-crisis-review1

Inicialmente, o jogo apresenta um padrão, tendo uma preocupação em ensinar novos e até mesmos experientes jogadores através dos tutoriais explicando os conceitos básicos de um MOBA, que são aplicados de formas ligeiramente diferentes dos jogos do mesmo gênero neste jogo. O jogo também  se preocupa em lhe dar uma base pós-tutorial, onde você libera alguns personagens após passar pelas as 5 etapas de tutorial existente para começar a jogar as partidas players vs. player, além de contar com a rotação semanal grátis de personagens. Entre os personagens liberados temos: Gaslight Batman, Lanterna Verde, Mulher MaravilhaApocalipse Arlequina.

infinite-crisis-review02

Ao todo, o jogo possui 42 personagens adquiríveis que mesmo tendo versões diferentes de tais personagens, possuem mecânicas e jogabilidades únicas no jogo, podendo ser desenvolvidos de maneiras diferentes durante uma partida para suprir a função desejada pelo o jogador. Cada personagem possui skins, que se consiste em ser visuais alternativos dos personagens que podem ser compradas com Crisis Coin (se conseguindo apenas com dinheiro real). Vale lembrar que, a Turbine (desenvolvedora do jogo) prometeu manter o jogo sempre atualizado, onde ao decorrer das atualizações podem haver introduções de novos personagens e skins.

Os personagens também podem usufruir de habilidades além das suas habilidades padrões características, chamadas “Stolen Powers“, que permitem aos jogadores interagir com o mapa ou ter proveito próprio ao utilizar tais habilidades ao decorrer do jogo.

infinite-crisis-review3

Os mapas apresentados no jogo dão a ligeira ideia de extensão mas ainda possuindo uma certa dinâmica, tendo as linhas primarias características de MOBAs conhecidas como roles, sendo elas: Top, Mid, Bot e tendo a Selva como complemento funcional do mapa.

Os personagens se adaptam bem e até subjugam em suas funções no mapa, interagindo através das frases características e exclusivas de cada personagem e até mesmo o modo como eles se comportam no mapa. Os mapas também apresentam pontos estratégicos que podem ser trabalhados de várias formas em pró da equipe e ainda decidir o rumo de uma luta em equipe e consequentemente uma partida.

infinite-crisis-review4

Entre os vários modos de jogo apresentados, temos: Tutorial, Player vs. IA (Inteligência Artificial conhecida também pelos Bots), Player vs. Player (em equipes de 2×2, 3×3 e até 5×5) e Rankeds (onde partidas determinam seu rank no jogo) que podem ser jogadas em até 2 mapas, Coast City e Gotham Divided.

O jogo não possui um roteiro a ser seguido a risca, embora tenha seus momentos inicias de premissa trabalhada durante a realização do jogo. Porém, como meio de expandir o interesse de seus jogadores e até mesmo atrair novos jogadores, a DC Comics disponibiliza histórias em quadrinhos através do título Infinite Crisis: Fight For The Multiverse, que trabalha com a temática principal do jogo desenvolvendo o roteiro e os personagens envolvidos na trama.

infinite-crisis-review5

O jogo como um todo não apresenta conceitos inovadores para o gênero, sendo apenas mais um jogo MOBA. Porém, o jogo dá a oportunidade dos fãs assumirem o controle de seus personagens favoritos da editora, e de suas diversas variações do multiversos, usando as habilidades características e únicas de tais personagens a sua maneira em pró de sua equipe tornando todo o processo de se jogar, interessante e divertido. O jogo é totalmente gratuito, e entre os seus servidores, o do South America permite uma boa jogabilidade para os brasileiros que desejam ter a oportunidade de fazer parte da comunidade do jogo.

Para jogar, você pode se cadastrar e baixar manualmente o jogo através da página oficial de Infinite Crisis, ou por meio dos serviços prestados pela  Steam. Caso você tenha problemas com o jogo, o forúm oficial pode ajudar com o seu problema, sem contar os grupos da comunidade brasileira.

Gostou? Tem mais!

Clique e leia: Review de Game


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.