God of War

Saiba tudo sobre o novo jogo na mitologia nórdica

Durante a apresentação da SONY na edição deste ano para o evento E3, a franquia de jogos God of War teve mais uma aventura oficializada e, como apontavam rumores divulgados em abril, Kratos está pronto para finalmente deixar o panteão grego para trás e assumir um confronto contra um novo conjunto de seres de uma nova mitologia: a Nórdica. A conferência da Sony nos apresentou a um Kratos envelhecido e bem mais tranquilo do que estamos acostumados a ver. Segundo informações do diretor do game, Cory Barlog, o jogo não se tratará sobre um reboot, uma vez que a história se passará muitos anos após os eventos de God of War 3, nos mostrando Kratos decidido a quebrar o seu ciclo de violência e controlar a raiva. Ou seja, nada de viagens temporais ou algo do tipo; Kratos apenas deixou a Grécia para trás.

O motivo para essa mudança está no segundo personagem introduzido no vídeo de gameplay divulgado. Kratos agora tem um filho, cujo nome ainda não fora revelado. Apesar disso, o diretor confirmou que durante todo o game controlaremos sempre o personagem Kratos, do início ao fim. Também fora informado que o jogo contará com outros personagens, mas que ainda não foram revelados. Como citado acima, enquanto a trilogia original de God of War e seus spin-offs se baseavam na mitologia grega, o novo jogo agora é voltado para as lendas nórdicas. Foi confirmado que o mundo acerca do jogo será realmente grande, porém Cory Barlog foi bem claro ao afirmar que não se tratará de um mundo aberto.

God of War | Saiba tudo sobre o novo jogo na mitologia nórdica

Quanto a sua jogabilidade, God of War promete manter o mesmo nível de acessibilidade dos primeiros títulos, ou seja, onde qualquer pessoa pode pegar o controle e começar a desferir rajadas de golpes. Embora o novo joga tenha mudanças significativas em seu visual e questão de “câmera”, durante o trailer de gameplay divulgado é possível ver alguns dos movimentos clássicos do personagem, como ataques simples e sua tradicional esquiva.

As famosas e clássicas “Quick Time Events” (momentos em que o jogador realiza grandes feitos apenas com o sistema de toque de botão) continuaram a ter presença no novo jogo da franquia, seguida pela promessa de serem utilizadas de uma maneira diferente. Vale ressaltar também que, como resultante dessa nova conduta, Kratos abandonou a Blade of Chaos e assumiu a posse de um machado de certa magia como nova arma. No entanto, não foi informado se o personagem poderá ou não retornar com as famosas armas utilizadas em jogos anteriores durante a campanha do novo jogo.

God of War | Saiba tudo sobre o novo jogo na mitologia nórdica

A ideia de dar um novo filho para Kratos veio da vida pessoal do diretor Cory Barlog, que buscava num evento transformador o suficiente fazer deste um importante fator para que um semideus imortal mude seu jeito de ser. Embora detalhes e acerca da história por trás do novo joga não tenham sido revelados, a promessa para o mesmo é de que sua história seja mais íntima e que o jogador tenha mais controle sobre ela, uma vez que nos primeiros jogos da franquia era mais comum assistir os eventos se desdobrarem com a raiva de Kratos.

Confira abaixo o trailer de gameplay divulgado durante a E3 2016 para o novo jogo da franquia:

O novo jogo da franquia God of War não teve data de lançamento divulgado, mas segue a promessa de que será lançado “em breve” (embora não mais neste ano de 2016) com a disponibilidade exclusiva para a plataforma de PlayStation 4.

Veja também: Injustice 2 | Disponibilizado trailer de anunciamento


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.