God of War

Dicas para platinar o novo jogo da franquia

Com mais um novo recém-chegado título à franquia, God of War vem para proporcionar uma nova jornada a crescente base sólida e fiel de fãs de Kratos desde o lançamento do primeiro título no ano de 2005. E com um novo título, vem uma nova leva de troféus para coletar! É pensando nisso que vamos dar algumas dicas que podem te ajudar a platinar o novo God of War e manter o TOC em dia.

Platinar o novo God of War não é tarefa difícil, mas requer um certo tempo de jogatina (e paciência). Só para contextualizar, o jogo possui uma lista de 37 prêmios, sendo: 22 de bronze, 9 de prata, 5 de ouro e 1 de platina. Mas de antemão, aviso que 11 deles você consegue simplesmente seguindo os objetivos do Modo História. O nosso foco aqui, será nos demais prêmios que são necessários para platinar o God of War. E um último aviso antes de continuarmos, é que você não precisa adquirir os demais prêmios  seguindo a ordem que apresentaremos a seguir, pois muitos deles podem ser feitos simultaneamente. 

O décimo segundo e décimo terceiro da lista são considerados prêmios secretos, ou seja, você vai ter que “descobrir por conta própria”. Mas relaxa que a gente te dá uma forcinha, ok?

Guia detalhado para platinar God of War

12° Troféu: Sob a Superfície; Explore tudo o que o Lago dos Noves tem a oferecer. 

Esse troféu é bem tranquilo de conseguir, até porque você chegará a um ponto em que naturalmente o fará. Mas em termos gerais, para desbloquear esse troféu você precisa remover toda a neblina do mapa ao redor do Lago dos Noves, a região central de Midgard. Existem muitas diferentes ilhas no local, o que fará que você só possa coletar esse prêmio apenas do meio jogo em diante (especificamente após a segunda vez em que a Jormungand é chamada).

Detalhe importante, é que somente entrando em cada uma das docas encontradas no Lago dos Noves que o jogo reconhecerá a área como “explorada”. Ainda porém, esse troféu geralmente demora um pouco antes de desbloquear, mesmo que o mapa esteja visivelmente sem a neblina. Então uma dica é você explorar as regiões descobertas. Isto é, o mapa deverá estar limpo como na imagem abaixo para obtenção do troféu:

13° Troféu: Cheiro de Morte; Explore Veithurgard completamente. 

Outro troféu bem tranquilo de conseguir, basta explorar a área Veithurgard (região ao nordeste do Lago dos Noves, como mostra a imagem do mapa abaixo). Por ser uma área selada por um portão dourado pelo qual você pode abrir através do topo da Cachoeira de Pedra (área do outro lado do portão), você só pode chegar até lá mediante o uso do barco. Detalhe importante, a exploração de Veithurgard só conta se você encontrar todos os colecionáveis na área, sendo estes: 6 artefatos (não necessariamente precisa completar a coleta), 1 portão místico, 1 favor (não necessário para aquisição desse troféu), 1 loja, 6 marcos do conhecimento, 1 baú lendário, 1 baú Normir e 3 corvos de Odin.

14° Troféu: Trilíngue; Aprenda as línguas de Muspelheim e Niflheim. 

Tranquilo de ser feito, para aprender as línguas de Muspelheim e Niflheim basta que você encontre baús linguísticos (os roxos em que Atreus crava sua faca no rosto flutuante para abrir, como mostrado na imagem abaixo), normalmente podendo ser feito durante a jogatina. É importante saber que existem 4 baús para cada língua, isto é, serão necessários achar 8 baús destes no total. O legal é que existem mais desses baús do que o necessário, sendo apenas um deles perdível (esse em questão sendo o baú localizado dentro da Jormungand). Uma vez que você encontrar os 8 baús para desbloquear as linguagens, os demais lhe fornecerão tesouros comuns.

p.S: Explore bem as seções do mapa, em especial o Lago dos Noves!

15° Troféu: Engenhosidade Enâmica; Aprimore uma peça de armadura. 

Um troféu bem fácil de se conseguir, você naturalmente o fará durante a jogatina do Modo História. Isto é, para adquiri-lo, basta que você aprimore uma peça a compor o set de sua armadura – qualquer que seja ela.

16° Troféu: Bela Ginga; Obtenha uma Joia de Ataque Rúnico. 

Provavelmente o segundo troféu que você vai conquistar no jogo, a facilidade dele residi em você conseguir uma joia de Ataque Rúnico, relacionando-se ao Modo História. Ou seja, ainda no começo do jogo você consegue ambos r também a joia de Ataque Rúnico e troféu.

17° Troféu: Pomar de Iðunn; Aprimore totalmente sua Saúde. 

Não sendo outro troféu muito difícil de conseguir, neste você deve encontrar ao todo 9 maçãs  de Iðunn para aprimorar por completo sua barra de Saúde; tendo em mente que a cada 3 maçãs encontradas a sua saúde será melhorada. Esses aprimoramentos são encontrados nos baús Normir, naturalmente espalhados pelo jogo. É importante saber que caso você perca um dos baús até finalizar o modo história, não tem problema! Pois além de ter mais baús do que o necessário para aprimorar sua saúde, você ainda poderá retornar as sessões do mapa para adquiri-los.

p.S: Explore bem as seções do mapa! Alfheim, por exemplo, possui três báus Normir e destes três, dois baús possuem maças de Iðunn.

18° Troféu: Pavio Curto; Aprimore totalmente sua Fúria. 

Não tendo um sistema de aquisição tão diferente do prêmio anterior, neste você deve encontrar 9 frascos de hidromel sangrento para aprimorar por completo sua barra de Fúria; tendo em mente que igualmente a cada 3 frascos encontrados a sua fúria será melhorada. Novamente, ressaltamos que caso você perca um dos baús até finalizar o modo história, não tem problema! Pois além de ter mais baús do que o necessário para aprimorar sua fúria, você ainda poderá retornar as sessões do mapa para adquiri-los.

p.S: Explore bem as seções do mapa!

19° Troféu: Elegante; Confeccione um traje para Atreus. 

Outro troféu bem fácil de se conseguir, você naturalmente o fará durante a jogatina do Modo História. Isto é, para adquiri-lo basta que você confeccione um traje para Atreus, qualquer que seja ele.

20° Troféu: Encantado; Coloque um Encantamento na sua armadura. 

Idem um troféu bem fácil de se conseguir, você naturalmente o fará durante a jogatina do Modo História. Visto que  para adquiri-lo basta que você equipe um encantamento (adquirido de confrontos ou, caso esteja mais avançado na jogatina, comprando nas lojas) em uma peça do seu set de armadura. Atenção que a peça do set ao qual você pretende equipar com um encantamento deve possuir ao menos um slot de de encantamento (caso não possua, basta aprimorar o item).

21° Troféu: Morte a Todos; Abata 1.000 inimigos. 

Auto-explicativo, esse troféu vem automaticamente durante o processo de “platinagem”. Primeiro que, se considerar o decorrer do modo história e exploração de outras seções do mapa, naturalmente mais de 1.000 inimigos serão abatidos. Ainda sim, se você se vê ainda na obrigação de farmar essas kills, os desafios do reino de Muspelheim são bem prestativos para a obtenção deste troféu.

22° Troféu: Perigo nos Céus; Liberte todos os Dragões. 

Sendo um troféu relativamente tranquilo de se conseguir, você deve libertar todos os 3 dragões existentes no jogo. Todos eles podem ser encontrados nas regiões secundárias de Midgard, especificamente: 1) Dragão “Fafnir” está localizado no Conselho das Valquírias (norte de Midgard); 2) Dragão “Reginn” está localizado em Konunsgard (oeste de Midgard); e 3) Dragão “Otr” está localizado em Veithurgard (nordeste de Midgard).

Os dragões são considerados favores da jogatina, nos quais você pode libertá-los enquanto faz a trajetória de outros colecionáveis. Para libertar um dragão, você deve destruir 3 pedestais (pequenas pedras com runas azuis dentro) espalhados pela região entorno deles; após quebrar todos os pedestais, basta retornar para onde a corrente está localizada e libertá-lo.

23° Troféu: Como Água e Óleo; Conclu todos os favores para Brok e Sindri. 

Troféu auto-explicativo, temos 5 favores existentes para serem completados ao longo da jogatina de God of War. Destes cinco favores, dois são dados por Brok e outros dois dados por Sindri, com o quinto e último favor sendo dado por ambos no Templo de Tyr. É importante ressaltar que cada um dos favores será desbloqueado com o prolongar do Modo História, permitindo o jogador executá-los durante ou após o término do mesmo. De toda forma, todos os cinco favores são missões secundárias comuns que não devem ser grandes desafios independente do nível de progressão em que o jogador se encontra.

24° Troféu: Colecionador; Obtenha todos os Artefatos. 

Idem um troféu auto-explicativo, para adquiri-lo basta coletar os 45 artefatos presente no jogo. Cada região deste possui uma ficha com todos os colecionáveis que existem para serem recolhidos (embora não apresente a localização destes), permitindo que o jogador possa coletar os artefatos durante ou posteriormente a conclusão do Modo História. Porém, dois dos sets de artefatos (especificamente os artefatos coletados no Vale do Rio e Alfheim) possuem condições especificas para serem encontradas sem vim a prejudicar sua jogatina.

Primeiro que no caso do set de artefatos ESPÓLIOS DA GUERRA (artefatos coletáveis em Alfheim), o ideal é você coletar todos os artefatos no subterrâneo durante o momento do modo história que se passa no local. Mas se você não conseguir e precisar retornar mais tarde ao subterrâneo e os elevadores na plataforma base do Templo Anelar (no centro do Lago da Luz) não estiverem disponíveis, você pode ir na doca menor anterior a plataforma base; lá você encontrará um vaso de areia em que pode utilizar Atreus para ativá-lo e descer ao subterrâneo, bem como retornar a superfície.

Agora um caso realmente complicado é o set de artefatos AS FACES DA MAGIA (coletáveis no Vale do Rio, ilustrados na imagem acima). Eu super indico que você colete todos os artefatos deste set enquanto estiver percorrendo o Modo História pelo o local, porque depois que você conclui o Modo História algumas seções do mapa da região do Vale do Rio são fechadas! Ou seja, enquanto você tentar coletar os itens mais tarde, você acabará ficando preso na região e impossibilitado de fazer outras atividades do jogo. MAS caso você tenha deixado para coletar os artefatos deste set após finalizar o Modo História (como eu o fiz na ingenuidade), ainda tem esperanças:

  1. Você vai ter de deixar para fazer este troféu por último, e igualmente coletar os artefatos desse set por último.
  2. É importante você ter certeza de que encontrou todos os artefatos do set que estão fora da região do Vale do Rio.
  3. Caso não tenha encontrado (como o item no subterrâneo da casa da Freya, a bruxa do bosque), colete-o(s) primeiro antes de ir explorar essa região.
  4. Então, vá para o começo do trajeto do Vale do Rio e o explore completamente com atenção, coletando todos os itens até chegar no ponto sem saída! (Real que esses passos funcionaram para mim e não só para esse troféu, como para o troféu a seguir).

25° Troféu: Cegando o Pai de Todos; Mate todos os Corvos de Odin. 

Definitivamente este é um dos troféus mais chatos de se conseguir. Porra, primeiro que existem exatamente 51 Corvos de Odin (corvos verdes, que emitem som metalizado assim que o jogador se aproxima deles) espalhados pelos mapas do jogo e nenhum deles é perdível. E não bastando isso, os Corvos de Odin são os colecionáveis mais bem escondidos de todo o título! Minha dica mesmo é você tentar matar todos os que conseguir enquanto vai explorando as seções do mapa durante o Modo História, para se não concluir durante esse trajeto, ao menos adiantar o que for possível. Outro detalhe mínimo a se mencionar é que todas as Câmaras Ocultas de Odin possuem corvos em suas áreas (internas e/ou externas).

Por ser um troféu cujo coletáveis estão espalhados por seções do mapa, este troféu também está sujeito a problemática mencionada anteriormente sobre a região do Vale do Rio. Então se você não conseguir coletar todos os Corvos de Odin da região do Vale do Rio durante a execução do Modo História, você pode seguir os passos mencionados no prêmio anterior, executando a atividade de ambos os troféus (Colecionador e Cegando o Pai de Todos) simultaneamente; funcionou para mim.

26° Troféu: Ginga Mestre; Aprimore totalmente um Ataque Rúnico. 

Outro troféu bem fácil de se conseguir, e que inclusive você naturalmente o fará durante a jogatina do Modo História. Isto é, para adquiri-lo basta que você aprimore um Ataque Rúnico (os movimentos especiais) até o seu nível máximo. Lembrando que cada ataque rúnico possui dois níveis de aprimoramento para alcançar seu nível máximo.

27° Troféu: Digno; Aprimore totalmente o Machado Leviatã. 

O Machado Leviatã possui exatos 6 níveis de aprimoramento. Para melhorá-lo de nível durante a jogatina serão necessários as “Chamas Congelantes”, item jogado ao chão pelos principais chefes da campanha principal após suas respectivas derrotas. O legal de saber é que se caso você tiver deixado passar alguma das Chamas Congelantes, elas estarão disponíveis na sessão de Itens Perdidos na loja de Brok e/ou Sindri.

Ainda sim, para alcançar o último nível de aprimoramento do Machado Leviatã (então nível 6), você precisará executar duas ações: 1) Completar o Modo História; e 2) Coletar Ecos de Névoas (coletáveis gerados no Labirinto de Nilfheim) para que você possa abrir o baú na Oficina de Tyr para, então, você adquirir as Névoas Tenebrosas de Niflheim. Após abrir os baús da Oficina, você só precisará retornar para uma loja e selecionar “Trocar Névoas Tenebrosas de Niflheim por Chama Congelante” na aba de Recursos.

28° Troféu: Não Resista; Aprimore totalmente as Lâminas do Caos. 

Não tão diferentemente do sistema do troféu anterior, as Lâminas do Caos possui exatos 5 níveis de aprimoramento. Para melhorá-las de nível durante a jogatina serão necessários as “Chamas do Caos”, item jogado ao chão pelos principais chefes da campanha principal após suas respectivas derrotas. Semelhante ao troféu anterior, caso você tenha deixado passar alguma das Chamas do Caos, elas estarão disponíveis na sessão de Itens Perdidos na loja de Brok e/ou Sindri.

Porém, para alcançar o último nível de aprimoramento das Lâminas do Caos (então nível 5), o jogador precisará terminar a campanha principal e derrotar a Valquíria existente no reino de Muspelheim, que deixará cair o item “Inferno Furioso de Muspelheim”. Uma vez adquirido este item, basta você voltar para uma loja e selecionar “Trocar Inferno Furioso de Muspelheim por Chamas do Caos” na aba de Recursos.

29° Troféu: Caminho do Zelote; Obtenha o conjunto de armadura do Viajante. 

Um troféu tranquilo de se conquistar, basta que você confeccione o set de armadura do Viajante; o peitoral, as manoplas e o cinturão. Em termos gerais, você precisará coletar materiais (8x Partes da Armadura do Viajante e 30x Troféus Macabros do Viajante) que os Viajantes (inimigos em armaduras pesadas e escudos remetentes a Cavaleiros, como ilustrado na imagem abaixo) deixam cair após serem derrotados.

Importante lembrar que ao longo do jogo você encontrará mais Viajantes do que o necessário para coletar os materiais, mas se caso você tiver esquecido de coletar durante a jornada você poderá recuperá-los na sessão de Itens Perdidos na loja. 4 à 5 Viajantes são o suficiente para coletar materiais o bastante para confeccionar a armadura.

30° Troféu: Primordial; Obtenha o conjunto de armadura do Ancestral. 

Similar ao troféu anterior, basta que você confeccione o set de armadura do Ancestral; o peitoral, as manoplas e o cinturão. Em termos gerais, você precisará coletar materiais (3x Corações de Ancestral e 16x Cascalhos de Ancestral) que os Ancestrais (inimigos em formatos de grandes rochas, como ilustrado na imagem abaixo) deixam cair após serem derrotados.

Importante lembrar que ao longo do jogo você idem encontrará mais Ancestrais do que o necessário para coletar os materiais, mas se caso você tiver esquecido de coletar durante a jornada você poderá recuperá-los na sessão de Itens Perdidos na loja. 3 à 4 Ancestrais são o suficiente para coletar materiais o bastante para confeccionar a armadura.

31° Troféu: Questões Pendentes; Ajude todos os Espíritos Erráticos. 

Sendo este um troféu tranquilo de se adquirir, você só precisará ajudar os Espíritos Erráticos seguindo as deixas de seus favores, ou seja, suas missões secundárias. Ao todo existem apenas 5 deles e todos estão basicamente espalhados pelo Lago dos Noves.

32° Troféu: Caça ao Tesouro; Use mapas do tesouro para encontrar todos os locais de escavação. 

Sendo este também um troféu tranquilo de se adquirir, você precisará usar os mapas do tesouro para encontrar todos os locais de escavação (normalmente sendo os locais sutilmente ilustrados nos mapas). Lembrando que ao todo são 12 mapas do tesouro, que você deve encontrar primeiro antes de identificar os pontos de escavação. Eu mesmo recomendo que você faça esse troféu depois de finalizar o Modo História, visto que alguns tesouros estarão em localizações específicas que não podem ser acessadas antes; além do quê, não terá nenhum problema em deixá-lo para depois.

33° Troféu: A Verdade; Leia todos os santuários Jötnar. 

Tranquilo de se adquirir este auto-explicativo troféu, você precisará ler os 11 Santuários Jötnar (como exemplificado na imagem abaixo) existentes no jogo. Os santuários, ao contrário de outros colecionáveis, não são rastreáveis no mapa de cada região, mas também não são colecionáveis perdíveis. Isto é, caso aconteça de você deixar de ler um durante a execução do Modo História, você naturalmente poderá retornar ao local após conclusão da campanha principal.

Um detalhe importante é que, se você seguir explorando os ambientes direitinhos da trama principal desde o começo até o fim da campanha, você identificará cerca de 9 Santuários. Os outros dois Santuários, você poderá encontrar na região de Veithurgard e salve engano no acesso a torre de Svartalfheim.

34° Troféu: Fogo e Enxofre; Conclua todas as Provas de Muspelheim. 

Antes de mais nada, para adquirir esse troféu você deve desbloquear o reino de Muspelheim para ter acesso as provas no mapa. Ao todo, existem 6 Provas de Muspelheim, das quais cada qual possui três níveis de dificuldade (normal, difícil e impossível). Bem, em termos gerais o jogador deverá realizar as provas 1-5 duas vezes cada (no nível normal e difícil), avançando então para o próximo desafio: derrotar a Valquíria presente no reino em sequência. Posterior a isso, o jogador deverá completar 3 provas no nível impossível. A sexta e última prova se resume a derrotar 50 inimigos em menos de 8 minutos, sendo esta uma tarefa de dificuldade relativa.

35° Troféu: Escuridão e Névoa; Recupere todos os tesouros da câmara central da Oficina. 

Em um resumo sincero, este é um puta troféu chato para se adquirir. Uma vez que você desbloqueou o reino de Niflheim, você deverá abrir os 5 baús e fechar as 3 Fendas do Reino existentes na câmara central da Oficina. Os ponto aqui são que: 1) O mapa de Niflheim é basicamente um labirinto auto-renderizado que consiste em algumas armadilhas e inimigos variados; 2) Você terá um tempo limite para sobreviver a névoa do labirinto, podendo a duração ser parcialmente restaurada a cada vez que você coletar Ecos de Névoa; 3) Você não pode morrer no labirinto, se não perde tudo o que adquiriu; e 4) Para abrir os baús e fechar as Fendas do Reino você precisará de Ecos de Névoas (coletáveis no labirinto e consumíveis assim que você executa uma das ações de abrir baú ou fechar Fendas do Reino) e, ainda, três Âncoras de Névoa (item coletável também no labirinto). Ao todo, serão necessários 68,500 Ecos de Névoa, então HAJA PACIÊNCIA PARA FARMAR BICHO!

Vamos a dicas importantes:

  1. Quanto mais tempo você passa no labirinto, mais Ecos de Névoa você farma. Então, é interessante você equipar um set de armadura (como o set Névoa Letal de Ivaldi), assim expandindo sua resistência ao labirinto e te dando mais tempo para explorá-lo.
  2. Para maximizar essa resistência ao labirinto e eventualmente ter mais tempo de permanência nele, você pode e deve equipar o set de armadura que você estiver usando com encantamentos cujos efeitos passivos sejam referentes a aquisição de Ecos de Névoas (estes encantamentos geralmente caem de monstros que você derrota no labirinto).
  3. O labirinto de Niflheim é basicamente um grande “meio-quadrado” com variáveis sutis. Digo, da porta de entrada a câmara central da Oficina você pode entrar em outras seções do labirinto e chegar, inclusive, as camadas mais fundas deste. O interessante é que você entre por um lado e saia pelo o outro, fazendo um tipo de movimento “circulatório” (independente de por qual lado você entrar). Nessa brincadeira, e você abrindo todos os baús presentes na rodada, você não sai do labirinto com menos de 9-10k de Ecos de Névoa.
  4. Outra alternativa complementar também para adquirir Ecos de Névoa rapidamente é você vender os recursos obtidos nas rodada do labirinto na loja do Sindri. Você pode economizar bastante tempo com essa dica!
  5. E só para reforçar: fique atento as armadilhas e não se desespere caso o tempo esteja acabando.

36° Troféu: Seletora dos Mortos; Derrote as nove Valquírias. 

Em termos gerais, este é o troféu mais difícil de todo o jogo. Até porque, existem 9 Valquírias no jogo e elas são de longe os inimigos mais fortes. O ponto é que, enquanto 8 dessas Valquírias são “comum”, a nona é nada menos do que a Rainha Valquíria (como ilustra a imagem abaixo, sendo esta conjurada somente após você reunir as cabeças das oito Valquírias já derrotadas no Conselho das Valquírias).

Ou seja, as oito primeiras Valquírias apresentam um desafio de dificuldade gradativa para o jogador, com padrões estabelecidos e momentos corretos de defesa; ao contrário da Rainha Valquíria que é definitivamente o chefe mais difícil de todos, misturando os estilos de combate de todas as Valquírias anteriores, possuindo um padrão aleatório de golpes e inclusive alguns que não podem ser bloqueados.

Mas vamos as dicas para derrotar a Rainha Valquíria!

  1. É interessante você alternar a dificuldade para o modo “Me Dê Uma História”, de modo que você  terá um desafio menos rigoroso (não fácil, mas menos desastroso para você).
  2. Você não necessariamente precisa ter terminado todas as outras atividades do jogo para tentar derrotar a Rainha Valquíria, mas é importante que seu personagem esteja no nível 6 ou 7 e tenha evoluído o máximo possível (suas habilidades, seus equipamentos, ataques rúnicos, encantamentos, por exemplo).
  3. É interessante você estar utilizando o set de armadura real do Sindri, pois esta especificamente fará com que você fique imune a danos durante a execução de um ataque rúnico (que é essencial neste combate).
  4. Entretanto, se for de sua preferência você também pode utilizar do set de armadura das Valquírias, visto que ele é muito bom para a disposição de atributos totais e no combate a Rainha Valquíria. Eu mesmo usei esta, servindo bem para o confronto.
  5. É interessante você abrir mão de alguns encantamentos que aumentem atributos primários (como ataque, rúnico, por exemplo) para equipar uma boa quantidade de encantamentos que aumentem o atributo de redução; é simples, quanto maior for o atributo de redução, mas oportunidades de usar Ataque Rúnico você terá!
  6. Ataques Rúnicos são de extrema importância nesse confronto, principalmente os que causam grande quantidade de dano. Particularmente, eu recomendo que você use para o Machado Leviatã os ataques Fúria do Troll de Gelo e Bigorna de Ivaldi; enquanto para as Lâminas do Caos eu sugiro Embate de Nemea e Golpe de Hiperión (PRINCIPALMENTE ESTE!!).
  7. Também, eu particularmente sugiro o uso do TALISMÃ DOS REINOS, visto que causa uma distorção no tempo deixando o tempo passar mais devagar ao seu redor. Com isso, além de distribuir uma massiva quantidade de dano na Rainha Valquíria, você pode acertá-la precisamente com seus Ataques Rúnicos.
  8. Não deixe de usar Atreus! Os ataques básicos de Atreus além de complementar seu dano, podem também quebrar eventuais combos da Rainha Valquíria! Ainda, eu mesmo indico o uso da Invocação Rúnica dos Lobos como complemento de dano massivo.
  9. Sempre tenha uma pedra de ressurreição ao enfrentá-la. A Pedra de Ressureição do Berserker é uma boa pedida, vista que você reviverá com uma barra de Fúria completa. Detalhe importante é que se a Rainha Valquíria finalizar Kratos quebrando seu pescoço, ele não conseguirá retornar a vida; mesmo com uso da pedra.
  10. Enfrente a Rainha Valquíria com a barra de Fúria completa, e utilize a Fúria sem medo quando estiver com a vida baixa (de preferência, tendo a habilidade de recuperar vida enquanto este modo estiver em uso). Se morrer, você retornará com a barra novamente cheia podendo ativá-la novamente e distribuir dano extra enquanto recupera vida.
  11. E para finalizar, lembre-se sempre de defender os ataques que forem possíveis e desviar dos ataques da personagem que não forem!

Uma vez feito todos esses processos e conquistados os troféus, você recebe o único troféu de platina que o jogo possui; intitulado Pai e Filho. Esperamos que essa matéria seja útil em sua jornada por God of War, e caso você ache que faltou alguma dica legal e/ou importante é só compartilhar conosco nos comentários. 


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2018 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.