Game indie da semana

Action Henk

O jogo dessa semana é um divertidíssimo game de corrida por um curso de obstáculos, loopings, quedas e curvas que se passa no mundo dos brinquedos. Seu objetivo é o de vencer uma espécie de “fantasma” que representa outro personagem a fim de conseguir os melhores tempos e, consequentemente, medalhas, que lhe permitirão desbloquear novos cenários, modos e brinquedos.

O game se passa numa espécie de pista de corrida muito semelhante às pistas de carrinhos do final dos anos 90/começo dos anos 2000, sempre bem coloridas e muito criativas.

Inicialmente temos o controle de Action Henk, um antigo ícone de ação em forma de boneco, que com o passar dos anos acabou perdendo sua forma física, ganhando uma grande barriga no lugar dos antigos músculos.

Game indie da semana  Action Henk (3)

Os controles respondem muitíssimo bem, sendo os direcionais para controlar os movimentos básicos, como o lado para onde deseja se movimentar, baixo para o slide (literalmente deslizar em superfícies íngremes para baixo) e a barra de espaço para os saltos. Pressionar rapidamente o espaço lhe garante um pequeno pulo, enquanto mantê-lo pressionado, obviamente, um pulo maior.

Game indie da semana  Action Henk (7)
Apesar da direcional para cima também servir para os pulos, ela é normalmente usada para definir a pressão que você exerce sobre a pista debaixo dos seus pés. Por exemplo: se você está correndo em um loop precisa exercer pressão contra o teto ao passar por ele, como se ao direcionar o movimento, você também direcionasse a curva. Além disso, em determinados níveis você receberá uma pequena arma com uma cordinha e uma ponta que gruda nos objetos e elementos do percurso, e ela é ativada apertando x.

Game indie da semana  Action Henk (1)

A trilha sonora, bem retrô, é muito boa e bastante empolgante, conseguindo ditar até mesmo o ritmo do gameplay – é um casamento entre música e imagem extremamente positivo.

Já os sons, correspondem de forma boa a cada uma das ações e acontecimentos in game, mesmo que não sejam exatamente variados dados os vários tipos de movimento e/ou intensidade dos mesmos; isso, porém, não chega a ser um problema.
Game indie da semana  Action Henk (9)

A respeito dos gráficos, coloridos e muito bem modelados, temos uma espécie de falsa tridimensionalidade que, em alguns cenários é quebrada, permitindo que realmente ganhemos e entremos nas três dimensões do jogo (o game é uma corrida em side-scroll). Os personagens são bastante originais e fazem referências óbvias e bem engraçadas a atores, atrizes, seriados e filmes dos anos 80 e 90, seja pela forma como são, agem, falam (sim, eles falam!) e se comportam.


Um bônus é o de que parte dos itens desbloqueáveis é o de roupas especiais e temáticas, sendo não tão somente seguindo o tema dos diversos cenários, mas a ícones da cultura pop antigos e novos, como Michael Jackson em Thriller, Sonic e até mesmo a Xena! Vários outros personagens são desbloqueáveis conforme vencemos mais e mais níveis, e para cada um deles, novos uniformes.

Game indie da semana  Action Henk (6)
Além disso, ao final de cada corrida você tem acesso a um placar local (dos seus amigos) e um mundial, que lhe mostra quão bem (ou mal) você se saiu em relação ao geral. Há também dois tipos de multiplayer (fora o modo “principal” em single), o local, em que você pode jogar com um/a amigo/a que estiver por perto, e o geral, no qual você pode desafiar alguém diretamente a partir de sua lista de amizades, ou encontrar um desafiante.

Game indie da semana  Action Henk (2)
Como parte dos indies de hoje em dia, Action Henk ainda está em constante desenvolvimento, mas a comunidade indie tem se esforçado cada vez mais para entregar trabalhos sensacionais e cheios de esmero. Depois de dezenas de horas não achei nem mesmo um bug ou queda em frame rate (aquele lag visual), o que por si só é impressionante. Atualizações com melhoramentos gráficos, adição de novas músicas, melhores animações, extras desbloqueáveis e até mesmo novos níveis são recorrentes, o que torna Action Henk um game vivo e em constante superação.

Game indie da semana  Action Henk (4)
O jogo é bem viciante e, apesar do conceito simples, diverte bastante e durante muito tempo. Alguns, porém, podem achá-lo enjoativo justamente pela maneira contínua com que carrega o gameplay, afinal, bem, é uma corrida. Os cenários e desafios diversificam ao máximo a maneira como se joga, dando, certas vezes, o ar de puzzle ao jogo (!).

Game indie da semana  Action Henk (11)
Desenvolvido pela Rage Squid com apoio da Dutch Game Garden, Action Henk foi uma das mais divertidas e criativas surpresas com que me deparei nos últimos anos, trazendo de volta a sensação de alguns dos mini-games dentro de clássicos como Crash Bandicoot ou Rugrats, e até mesmo o espírito in game que se assemelha muito às corridas do inesquecível (e já citado) Sonic.

Game indie da semana  Action Henk (10)
Disponível apenas para PC, mas com confirmação de que virá muitíssimo em breve para PS3, PS4 e PS Vita, Action Henk é outro ótimo exemplo de como a comunidade indie é incrível.

Game indie da semana  Action Henk GIF

Veja também – Game indie da semana | Besiege


VEJA TAMBÉM:

COMENTE:

© 2019 Proibido Ler. Todos os direitos reservados.